Montfort Associação Cultural

25 de novembro de 2004

Download PDF

Mais um argumento contra a doutrina da Reencarnação

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Ricardo Amaral
  • Idade: 37
  • Localizaçao: Brasília – DF – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

Prezado Orlando Fedeli.

Recentemente descobri este seu sítio. Quero lhe parabenizar pela iniciativa,tão importante nos dias atuais, de defender os fundamentos da fé católica.

Trabalhos como esse enriquecem a Igreja como um todo.

Saiba que sou solidário a sua luta contra a absurda doutrina espírita, que, a meu ver, foi plantada em nosso meio pelo próprio inimigo, a fim de arrancar as almas de Deus e levá-las para a perdição.

Permita-me, a título de colaboração, apresentar a você um argumento que gosto de empregar quando alguém me interpela a favor da reencarnação. Está em Lucas 23, 42: “…E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim, quando tiveres entrado no teu Reino!…”

Ora, quem fez este pedido a Jesus foi um ladrão, crucificado a sua direita.

Se fôssemos analisar esse episódio segundo a doutrina espírita, esse ladrão não poderia, nesse momento, alcançar o paraíso. Teria que reencarnar algumas vezes até se “purificar”. Assim, a resposta de Jesus deveria ser: “olha, meu filho, desculpe-me, mas eu não posso fazer nada. Você vai ter de reencarnar algumas vezes até se purificar. Aí sim, você irá para o paraíso.”

Mas, ao contrário, no versículo seguinte, a resposta de Jesus é: “…Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso.”

Portanto, essa passagem corrobora a sã doutrina segundo a qual quem salva é Nosso Senhor Jesus Cristo, e não reencarnações. S. Dimas, esse bom ladrão que roubou o céu no último instante e que hoje faz parte da Igreja Triunfante, é a prova viva e evidente disso.

Ainda no intuito de colaborar com o seu trabalho, acrescento que, segundo as palavras de S. Paulo aos Efésios, cap. 6, “não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.” Destarte, tenha sempre em mente que o seu combate não é contra pessoas, e sim contra as forças do mal. Esse pensamento o ajudará a empregar a caridade na medida certa, sem confundi-la, contudo, com um mero respeito humano.

Conte com minhas orações.

Que a Santíssima Virgem o abençoe e o proteja em sua caminhada.

Abraços fraternos,

Ricardo Oliveira.

Muito prezado Ricardo,

Salve Maria!

Muito devo lhe agradecer por sua excelente colaboração, dando-nos mais um argumento – em polêmica, um argumento é mais precioso que munição em guerra – contra a reencarnação. E que excelente argumento. Que Deus lhe pague.

Depois desse agradecimento principal, devo lhe agradecer também suas orações por nós, seu bom conselho e, por fim, seu elogio a nosso trabalho.

Um grande abraço

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: As falsas religiões merecem respeito?

Cartas: Relativismo religioso - Orlando Fedeli

Cartas: Jesus quer salvar todos os homens - Alinny Amorim

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais