Montfort Associação Cultural

14 de abril de 2005

Download PDF

Lula X Dom Scheid X Dom Hummes

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Fátima Pinheiros
  • Idade: 38
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Professora Universitária
  • Religião: Católica

Sei que não publicarão nem responderão esta carta. Não me importo, pois só quero expressar o direito de divergir das palavras “bobocas” de Dom Eusébio Scheid que diz “Lula não é católico, é caótico”.

Não sou petista, nem de esquerda. Não precisa ser desse partido para perceber que Dom Eusébio discorda do Presidente por que ele faz oposição àqueles que apóiam Dom Cláudio Hummes – um “pretenso” grupo “mais radical” dentro da Igreja Católica. Afinal, o mesmo já foi preso político, apóia a Reforma Agrária, dizem até que é “simpático” ao MST e também a Teologia da Libertação. Bom se fosse verdade, pois não acredito que o seja.

Minha nossa, há tempos não se via alguém tão hipócrita na Igreja Católica, Dom Eusébio certamente apóia à TFP, pois está bem de acordo com a linha rançosa que ele defende com unhas e dentes, como um corvo agarrado à carniça.

Não apoiar Dom Cláudio Hummes e criticar o Presidente Lula, que por sua vez o defende, significa a mais declarada disputa política entre a linha dura da Igreja Católica e a linha flexível – esta última percebeu que precisa se atualizar para não perder os fiéis e a própria estrutura católica ou “caótica”, diga-se de passagem.

Que vergonha! Sinto vergonha de ser brasileira nesse momento e ver como é podre e viciada toda essa mentira político-religiosa!

Fátima Pinheiros
Dra. em Educação
São Paulo – SP

Muito prezada Professora Doutora Fátima,
Salve Maria!
 
    A senhora se enganou redondamente.
    Estou respondendo sua carta, e vamos publicá-la, sim, senhora.
    Ela nos dá a oportunidade de comentar o caso que a senhora coloca em pauta.
    O mais lamentável no episódio Lula  X  Dom Scheid  X  Dom Hummes foi a pouca elevação dos termos empregados.
    Por mais que se discorde de um governante, a autoridade de seu cargo merece sempre ser respeitada, ainda que quem a exerça, por vezes, não se porte à altura da dignidade de seu cargo. Afinal, todo poder vem de Deus, e deve sempre ser respeitado.
    Também Dom Scheid e Dom Hummes tem um poder eclesiástico de origem divina. E é uma pena que Dom Scheid tenha usado um termo desrespeitoso à autoridade presidencial.
    Mas ele disse também uma verdade: o Presidente Lula não é católico, pois não professa a doutrina católica, que condena o socialismo, o aborto, e o uso de células embrionárias que ele aprovou ou propôs. E aprovar tais coisas acarreta a excomunhão latae sententiae.
    Também Dom Hummes, infelizmente, não esteve à altura de seu cargo nessa questão, pois saiu publicamente em defesa daquele que, muito indiscreta e inconvenientemente, acabara de propor sua candidatura ao papado. E Dom Hummes deu ao Presidente Lula um diploma de catolicidade indevido, injusto, e que não corresponde à verdade:ninguém pode ser “católico a seu modo“. Isso não existe e nem é possível.
    E o Cardeal Dom Eugênio Salles teve que colocar os pontos nos “is” ao declarar sobre Lula, contrariando Dom Hummes: “Ele [Lula] não é um cristão-modelo“. E sobre a auto proclamação de não ser um homem sem pecado, Dom Eugênio disse simplesmente: “Isso não é verdade”.
    Minha senhora, só a Virgem Maria, Mãe de Deus, e seu Filho, Cristo Jesus, nunca pecaram.
    Quanto à estrutura da Igreja, devo dizer-lhe que a senhora está bem equivocada: ela não é caótica, não. Sua estrutura é divina pois foi instituída por Cristo-Deus.
    E não sendo a senhora petista, nem de esquerda, é estranho o tom irritado de sua missiva.
    Acalme-se, senhora doutora.
    Não vá a senhora se deixar contaminar pela ciumeira cardinalícia-presidencial.
    Passe bem
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Em defesa do Pe. Léo - Orlando Fedeli

Cartas: Leitor reconhece, implicitamente, o modernismo de Olavo de Carvalho - Fernando Schlithler

Cartas: Perseguição contra a Igreja - Marcelo Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais