Montfort Associação Cultural

21 de novembro de 2006

Download PDF

Lula é Barrabás?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Christoffer Yuri
  • Localizaçao: Anastácio – MS – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

Caro Professor Orlando,

Como já havia dito anteriormente, admiro sua determinação em defender a Igreja Católica, mas, como o manto da infalibilidade está apenas com o vigário de Cristo, creio firmemente que este atributo não faz parte do senhor. Acabei de ler um artigo da Montfort, escrito muito provavelmente após o resultado das urnas em que o senhor faz uma comparação desta eleição, com o episódio de Cristo e Barrabás, em uma suposta demonstração de que o povo escolhe errado e assim o fêz com Barrabás e com Lula.
Primeiro, ao comparar Lula com Barrabás, o senhor dá a entender que o seu adversário, Geraldo Alckmin, poderia ser comparado a Cristo. Ora, se o senhor insinuar que algum membro do PSDB tem algo em comum com Cristo, isso por si só, já é uma heresia da pior das espécies, deixando os Albigenses para trás em quilômetros. A escolha de 29 de outubro não foi entre um Barrabás e um Cristo. Se o senhor têm razão no que diz sobre Lula, (e eu não concordo com isso), a escolha do último dia 29 foi entre Belzebu e Satan, portanto, quem votou num ou noutro não faz diferença.
Segundo, se o senhor considera Alckmin um mal menor por aprovar o aborto em alguns casos, ao passo que Lula (não sei de onde o senhor tirou isso) supostamente aprovaria o aborto em todos os casos, então o senhor compactua com um crime abominável em certas circunstâncias. Além disso, se o aborto é a grande questão que o faz escolher seu candidato, então deveria ter votado na senadora Heloísa Helena, essa sim, abertamente contrária ao aborto. Não seria então, um “mal menor” do que o psdbista?
E tem mais, se Lula é favorável ao aborto, muito provavelmente foi induzido a isto pelo seu círculo íntimo, haja visto que o Presidente, por mais que o admire, não tem curso superior e muito menos em Medicina, como Alckmin. Portanto, se o Presidente apóia tal idéia, há grande possibilidade de que o seja por induzimento ao erro, feito pelo seu círculo de auxiliares ao passo que o mesmo não pode ser dito de Alcmin, que, por mais que tenha faltado às aulas da faculdade de Medicina, sabe muito bem o que aborto significa. Aposto que o Presidente da República mudaria sua visão sobre o aborto, se fosse mostrado a ele o que realmente significa. Mas, graças à sua “Carta Aberta” e ao seu apelo ao deputado católico do PT para deixar esse “partido de Satan”, as suas chances de ser ouvido pelo Presidente são remotas. Dessa forma, se o aborto for aprovado, considere isso, um tributo à sua incompetência nas relações humanas, pois tinha a admiração e respeito de um deputado do Partido dos Trabalhadores, que poderia tê-lo conduzido a uma audiência com o Presidente da República e feito o mesmo mudar de opinião.
E se todos os partidos o desagradam e são diabólicos, saiba que a Constituição Federal é clara: É livrea a criação de Partidos Políticos. Por que o senhor não cria um partido católico para disputar o poder e fazer um governo obediente aos mandamentos de Deus? O senhor diz que não podemos votar no PSDB, nem no PT, nem no PSDC, então devemos fazer o quê? Bufar e fazer páginas de internet? Mesmo que o PT e o PSDB sejam os dois lados da mesma moeda luciferiana, pelo menos tiveram a coerência de levantar-se da cadeira e ir registrar o Partido no CNPJ e depois no TSE e aí sim disputar o Poder, coisa que o senhor e a Monfort poderiam fazer também, mas não o fazem, para ficar escrevendo artigos dizendo que todos os brasileiros que não votaram em branco vão para o inferno.
E eu votei e voto de novo no PT.Fiz até doação por boleto para a campanha de Lula. Poderia fazer também para a Monfort, se não tivesse visto a seção de “política” da mesma. Na esperança de receber uma resposta malcriada, como de costume, subscrevo-me.
Atenciosamente,
Chrístoffer Yuri

Muito prezado Chrístofer,
Salve Maria.

     Perdoe-me não lhe responder logo. Mas debates teológicos, que superam infinitamente questõezinhas eleitorais e politiqueiras vermelhas ou cor de rosa, me obrigaram a só lhe responder hoje.
     Sua carta atual mostra um azedume que não existia em suas missivas anteriores.
     O que publiquei foi apenas um texto do Evangelho de Domingo de Cristo Rei. Não coloquei nenhuma palavra minha.
     Com sua exegese do texto do Evangelho de São João você enterrou a carapuça na própria cabeça…do Lula.
     ”Tu o disseste“, diria Nosso Senhor.
     Não fui eu que disse isso. Foi Cristo Deus.
     Eu só publiquei um trecho da paixão de Jesus, no qual ele se proclamou Rei, e no qual, logo em seguida, Ele foi repudiado pelo povo que preferiu Barrabás.
     
     Concordo inteiramente com sua exegese de que Alckmin nada tem de Cristo. E você compara bem dizendo que a escolha posta por FHC ao Brasil — e decidida alhures… — foi obrigar o povo a escolher entre “Belzebu e Satan”.
    Concordo também com você que tucanos e petistas – tucanos socialistas-democráticos e comunistas do PT — são todos marxistas.
    E você mesmo reconheceu que no PT há comunistas pois me escreveu em missiva anterior:

“Professor, o senhor realmente não gosta do PT. Acho que o senhor se daria muito bem com o meu avô, ele também é muito contra o Lula. Confesso que não gosto de chamar o Presidente Lula de comunista. Ele também não gosta desse rótulo, já perguntaram uma vez se ele era comunista e ele respondeu que era torneiro mecânico. Qto ao Sr. Dirceu, esse sim é comunista. Mas, como disse anteriormente, como patriota que sou, é do meu interesse que o atual plano plurianual seja cumprido. Penso que não existe espaço, momento, força ou capacidade para uma revolução socialista, seja aberta ou silenciosa. Na verdade, não pode existir revolução socialista silenciosa. O sistema socialista é tão antinatural, tão fora da realidade que só se mantém no poder à custa do terror extremo”.
     
     Então, Zé Dirceu é comunista e Palocccssi é trotzquista, o semi frei Betto é castrista comunista de sacristia… E eles são bem espertos e até inteligentes (claro que não me refiro aqui, particularmente, ao semi-frei Betto). E dois deles foram indiciados por crimes. Mas o Lula, que anda com eles, que é induzido por eles, não seria comunista…
     Que fracasso do Zé Dirceu! Em tantos anos não conseguiu fazer de Lula um comunista. Como é duro fazer com que ele saiba de alguma coisa…
     Mas, pelo menos os membros de seu “círculo íntimo” conseguiram que ele apoie tudo o que os comunistas de seu círculo íntimo promovem. Coitada de nossa pátria com essa promoção comunista castrista!
     Lula não seria comunista, você me garante. Ora, ora…
     Vai você querer me impingir que Lula é católico à sua maneira, como disse Dom Hummes? Lula seria apenas movido por comunistas, e só na medida em que cabe algo na cabeça dele , — pois ele de nada sabe, — ele é só ”induzido pelo seu círculo íntimo“.
     Isso me parece aquela história de um animal que tinha tudo de leão, mas que não era leão. Mas o que era então? Era leoa. Tão felina quanto o leão.
     E não adianta você não gostar que se chame Lula de comunista. Ele é comunista mesmo. Ainda que você não queira reconhecer isso, o que comprova sua contradição.
     Você me diz que eu poderia ter convencido o Lula a não apoiar o aborto, e que perdi a oportunidade ter uma audiência com ele, por incompetência diplomática minha, pois havia alguém que poderia me ter obtido uma audiência com ele.
     Meu caro, eu não aceitaria ser recebido por Lula para convencê-lo. Isso seria uma ilusão absurda, pois que, mesmo sem a sua informação, sabia eu que Lula não pensa por si mesmo, mas que é induzido pelo seu vermelho “círculo íntimo“.
     Você me sugere fundar um partido político…
     Meu caro, você não entendeu nada. Partidos políticos são dedos de uma só mão que os maneja… E não é para obter dinheiro.
     A luta, no mundo e na História, não é nem econômica e nem política, mas religiosa. Há duas Igrejas em luta na História: a Cidade de Deus — a Igreja Católica, contra a Igreja de Satan (e a de Belzebu junto). 
     
Os membros de partidos políticos — Deputados, senadores etc– decidem induzidos por um “círculo íntimo“…
     Não quero ser induzido. Não quero fundar partido.
     Luto pela Igreja una. Luto por Deus. Luto pela Igreja Católica que é a una e única Civitas Dei.
     Você me diz: 

“E eu votei e voto de novo no PT. Fiz até doação por boleto para a campanha de Lula“.


     Meus pêsames.
     Por esse voto e essa contribuição você foi excomungado por votar num partido oficialmente socialista e abortista (Decretum Contra Communismum). E não adianta Dom Hummes dizer que ”Lula é católico à sua maneira“. Católicos à sua maneira estão automaticamente excomungados, quando defendem o aborto, ainda que tenham a bênção de um Cardeal.
     Por fim, você me diz que perdi uma possível contribuição sua para o site Montfort, e que atenciosamente espera uma resposta malcriada minha:

“Poderia fazer também para a Monfort, se não tivesse visto a seção de “política” da mesma. Na esperança de receber uma resposta malcriada, como de costume, subscrevo-me”. etc.

     Meu caro, dispenso sua contribuição monetária. Não viso atingir seu bolso ou sua carteira. Não sou petista. Não sou marxista. São os petistas — como todos os marxistas que colocam o dinheiro em primeiro lugar. Não viso sua carteira. Viso sua alma. Não quero sua contribuição pecuniária. Quero torná-lo católico. Viso a glória de Deus, não o dinheiro e nem prestígio. Quero sua inteligência, sua vontade e seu coração, lutando por Deus e por sua única Igreja. É a glória de Deus e o triunfo da Igreja que viso. Quero tornar Christofer verdadeiramente um portador de Cristo.
     Pela Fé, sem induções.
     Caridosa e altivamente católico, rezando por você, me subscrevo.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

PS: Ia me esquecendo: mande um grande abraço meu a seu avô. Você vê como não sou malcriado? Saúdo as pessoas de idade, mormente aquelas que mostram ter sabedoria. Sabedoria que o neto, infelizmente, não herdou (que malcriado, não?). Gostaria de ter conhecido pessoalmente seu avô. Íriamos nos dar bem. OF

TAGS

Publicações relacionadas

Notícias e Atualidades: A fome no mundo não veio. Mas a obesidade nos fará morrer mais cedo.

Notícias e Atualidades: Novas biografias expõem “lado negro” de Che

Cartas: Como entender a tragédia do Haiti? - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais