Montfort Associação Cultural

10 de maio de 2006

Download PDF

Leitor defende o aborto

Autor: Lucia Zucchi

  • Consulente: Nuno Almeida
  • Idade: 24
  • Localizaçao: Ponta Delgada – Portugal
  • Escolaridade: Superior concluído

Terei entendido bem que são contra o aborto em situações como violência sexual e risco de vida materno?
A ser assim é deveras notável como não têem qualquer respeito pela vida e dignidade das mulheres que se encontram nessa situação. Vão argumentar com as escrituras, mas nessa altura não havia medicina moderna. A não ser que achem a medicina moderna obra do diabo… Se assim for não tomem antibióticos quando estiverem com uma infecção e irão ter com o Criador mais cedo do que pensam.

Prezado Paulo,
Salve Maria!
 
Você entendeu bem. Nós somos contra o aborto em qualquer caso, seja de risco de vida da mãe ou em caso de violência sexual, sim senhor!
 
E nem precisamos argumentar com as Escrituras, pois a mera razão humana basta para provar o absurdo da prática do crime de aborto em tais casos.
 
Pois, o aborto no caso de RISCO DE VIDA para a mãe, é MORTE CERTA para o embrião ou feto. E o embrião ou feto humano é um ser humano, da mesma natureza que sua mãe, e tem a mesma necessidade e o mesmo direito à vida do que ela. NÃO É MORALMENTE JUSTO ESCOLHER ENTRE VIDA E VIDA. Hitler pensava o contrário.
 
A violência sexual é um crime que merece castigo. Mas, quem deve ser castigado?
 
- O feto? Este sequer existia quando foi praticado o ato criminoso e tem tanta culpa por ele quanto você tem mérito por ser filho de pais excelentes e honrados.
 
- É o agressor que deve ser castigado. Evidentemente.
 
Talvez o incomode a impunidade cada vez maior desse tipo de crime na caótica sociedade moderna. Esse incômodo, no entanto, não justifica o linchamento do “envolvido” que está mais indefeso, exposto à violência por leis injustas. Pois note que são leis que não se preocupam em castigar os verdadeiros culpados, mas apenas em exercer a vingança, à moda pagã, em algum parente do acusado!
 
Sei que uma opinião favorável também pode ser um preconceito, mas sinceramente esperava mais de um português, cuja cultura e bom senso costumam ser mais bem consideradas no Brasil.
 
In Corde Jesu,
 
Lucia

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais