Montfort Associação Cultural

31 de janeiro de 2005

Download PDF

Leia e reflita, e abra o seu coração para a ação do Espírito Santo.

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Kelly da Silva Feitosa
  • Localizaçao: Brasília – DF – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

Por algum tempo venho acompanhando os seus ataques a RCC, fico pensando como pessoas tão “sábias” como vc, ataca um movimento tão bonito e reconhecido pelo o Santo Padre o Papa.

Sou uma escrava de Jesus por Maria, e foi através de seminário coordenado pela RCC que fiquei sabendo da consagração. Me consagrei e por um acaso achei esse site que infelizmente ataca o movimento carismático com tanta arrogância. Mando essa entrevista para que vc leia e pelo menos acredite que a RCC é algo abençoado e difundido.

Vc como um professor, deve saber que Igreja é uma comunidade, comunidade religiosa que tem a fé como unidade. Pessoas como vc meu irmão só planta discórdia e divisão e a Igreja Católica Apostólica Romana predomina até hoje pq a cabeça deste corpo místico é Cristo e alma deste corpo é o Espiríto Santo. E este Espiríto Santo que encaminha a Igreja é o mesmo que encaminha o movimento da Igreja Católica Apostólica Romana chamado Renovação Carismática Católica e todos os outros movimentos da Igreja.

Talvez vc já sabe mas é bom relembra-lo a RCC de todas Arquidioceses são assistidas por um Bispo(sucessores dos apostólos).

Que o Senhor tende Piedade de vc meu irmão.

Segue abaixo uma Entrevista como o Matteo Calisi:

A experiência de Deus vivo, resposta à “necrose” do secularismo

Entrevista com Matteo Calisi, presidente da Fraternidade Católica Carismática de Aliança

A experiência do poder do Espírito Santo, que leva a proclamar que Deus está vivo, é resposta ao difundido secularismo e impulso à nova evangelização, à santidade de vida e à reconstrução dos cristãos em uma só Igreja.

Disso pode dar testemunho a Renovação Carismática, uma corrente de graça que tocou transversalmente as Igrejas cristãs históricas (católica-protestante-ortodoxa) e que inclui cerca de 600 milhões de cristãos –dos quais ao redor de 120 milhões são católicos– em todo o mundo.

Uma das expressões «carismáticas» na Igreja Católica é a «Catholic Fraternity of Charismatic Covenant Communities and Fellowships» –«Fraternidade Católica das Comunidades e Associações Carismáticas de Aliança» –(www.catholicfraternity.net)–, organismo internacional de Direito Pontifício que reúne mais de quinhentas comunidades históricas da Renovação Carismática Católica dos cinco continentes, tais como a «Comunidade das Bem-aventuranças», a «Comunidade Emanuel» de Paris ou a «Comunidade de Jesus» em Bari.

Nas vésperas de seu XI Congresso Internacional (Fiuggi, 29 de outubro a 1º de novembro), o presidente da Fraternidade Católica e colaborador do Conselho Pontifício para os Leigos, Matteo Calisi –pai de família– explica nesta entrevista concedida a ZENIT a «novidade» que representam os «carismáticos» na Igreja e no mundo, assim como a missão dos Movimentos Eclesiais e Novas Comunidades no contexto atual.

Que é a “Catholic Fraternity” e qual é sua missão na Igreja?

Matteo Calisi: A Catholic Fraternity of Charismatic Covenant Communities and Fellowship é o primeiro Organismo Internacional –com sede em Bari e erigido pelo Conselho Pontifício para os Leigos– que federa as comunidades principais e históricas da Renovação Carismática Católica (RCC). Com o reconhecimento pontifício, em 30 de novembro e l990, a Catholic Fraternity foi erigida canonicamente em Associação Privada Internacional de Direito Pontifício de Fiéis da Igreja Católica, com personalidade jurídica eclesiástica.

A Santa Sé, no Decreto de reconhecimento, expressou seu desejo de que a Catholic Fraternity pudesse contribuir a consolidar a expressão católica do movimento carismático. Portanto, a Catholic Fraternity não tem funções de governo ou de responsabilidade jurídica sobre as Comunidades membros, tem só uma responsabilidade moral e espiritual: a de animar o desenvolvimento das Comunidades membro em suas dimensões eclesial e católica.

Desta forma, cada Comunidade mantém a própria identidade e autonomia jurídica e de governo e um arraigo substancial na Igreja particular, mas, ao mesmo tempo, é membro de uma Federação Universal de Direito Pontifício de Fiéis.

O Santo Padre João Paulo II, falando à Catholic Fraternity em vários Encontros Internacionais, sublinhou o papel fundamental da Catholic Fraternity dentro da Renovação Carismática Católica.

«No seio da Renovação Carismática, a Catholic Fraternity tem uma missão particular, reconhecida pela Santa Sé. Um dos objetivos definidos por vossos Estatutos é o de salvaguardar a identidade católica das comunidades carismáticas e animá-las a manter um estreito vínculo com os Bispos e o Romano Pontífice. Ajudar as pessoas a ter um forte sentido de pertença à Igreja» (Mensagem autógrafa, Cidade do Vaticano, 1º de junho de 1998).

A Renovação Carismática Católica está difundida no mundo entre cerca de 120 milhões de católicos. Como se faz hoje a experiência do Espírito Santo?

Matteo Calisi: Deus não habita em templos de pedra, mas antes de tudo no coração dos fiéis, no qual derramou a potência do Espírito Santo com seus dons carismáticos, dos quais o maior é o amor, como diz São Paulo (1 Cor 13). Ao mundo moderno, que declara a morte de Deus e tem um processo de necrose chamado «secularismo», os carismáticos querem proclamar que Deus está vivo, porque seus fiéis vivem nEle, que mora e obra fortemente neles por meio do Espírito Santo.

Em nossos dias recebemos esta maneira nova e singular de experimentar o poder do Espírito Santo operante nos fiéis, que se chama Batismo no Espírito Santo e a oração carismática.

A Renovação Carismática é um testemunho eloqüente, como afirmou em várias ocasiões o Santo Padre João Paulo II, da presença do Espírito Santo no coração dos fiéis, que são seu tempo. Os carismáticos não trazem «novidades», mas são novidade eles mesmos porque ajudam a Igreja a redescobrir, através da tomada de consciência da poderosa ação do espírito Santo na vida de cada um e da Igreja, a maravilha dos dons e carismas se são dados a cada um e a todos para a construção da comunidade de crentes, a fim de que a Igreja, esposa de Cristo, seja cada vez mais bela e mais digna de seu esposo e Senhor. Trata-se de uma corrente de graça que tocou transversalmente as Igrejas cristãs históricas (católica-protestante-ortodoxa) e que inclui cerca de 600 milhões de cristãos –dos quais ao redor de 120 milhões são católicos– em todo o mundo. É o movimento mais extenso da história do cristianismo, infelizmente tão pouco estudado pelos especialistas!

A RCC tem difusão entre os mais diversos ambientes da Igreja e do mundo e assume diferentes expressões e formas de apostolado, como Grupos de Oração, Comunidades de Aliança, Comunidades de vida com leigos e/ou clérigos e/ou consagrados, Comunidades e Associações Ecumênicas, Congregações Religiosas e Monásticas, Universais, etc. A variedade destas expressões carismáticas constitui uma verdadeira riqueza para a Igreja Católica.

A Renovação Carismática Católica, portanto, não se apresenta como um movimento eclesial «hierarquicamente estruturado», como alguns pensam; mas no respeito dos diferentes carismas, cada expressão carismática diferente poderá contribuir na edificação da única Igreja de Cristo (Cf. 1 Cor 12, 406 e 1 Cor 12, 12).

Cada uma destas realidades compartilha em seu interior as graças específicas da Renovação Carismática Católica –como o Batismo no Espírito e o exercício dos dons carismáticos– e mantém laços de amizade e às vezes de colaboração com as outras. Estas são legitimamente autônomas por carismas específicos e de fundação. Cada realidade ou expressão da Renovação Carismática Católica atua segundo o direito-liberdade de Associações de Fiéis ratificado pelo Legislador da Igreja e derivado do Sacramento do Batismo, sob a autoridade e vigilância da Autoridade local ou da Santa Sé segundo o Direito próprio.

Quais são os objetivos das Conferências Internacionais que a «Catholic Fraternity» promove? Quem participa destes eventos?

Matteo Calisi: A XI Conferência Internacional da Catholic Fraternity terá por objetivo testemunhar a Comunhão e a Missão no Terceiro Milênioà luz do recente Magistério do Santo Padre João Paulo II e aprofundar nos laços espirituais e pastorais com o Conselho Pontifício para os Leigos, sendo este o dicastério encarregado do apostolado dos leigos na Igreja Católica.

No encontro participarão mais de 1000 representantes e Moderadores Gerais das Comunidades Membro da Catholic Fraternity de todos os continentes, junto a bispos e um cardeal procedente de cada um destes países: Brasil, França, México, Itália, Cidade do Vaticano e Albânia.

fonte: Comunidade Católica Shalom

Muito prezada Kelly ,
Salve Maria!
   
     Agradeço-lhe o documento que você me enviou, e que comprova de modo tão autorizado os erros doutrinários escandalosos da RCC.
    Garanto-lhe que daqui por diante citarei, muitas vezes, contra a RCC, esse documento da RCC.
     Veja você os erros que o tal Matteo Calisi afirma de modo tão desembaraçado, nesse documento que você teve a gentileza de me mandar:
 
1o erro
 
    “Renovação Carismática, uma corrente de graça que tocou transversalmente as Igrejas cristãs históricas (católica-protestante-ortodoxa)”.(…) “Trata-se de uma corrente de graça que tocou transversalmente as Igrejas cristãs históricas (católica-protestante-ortodoxa)”. 
   
    Nessas duas frases, Matteo Calisi reconhece que a Renovação Carismática é um movimento inter confessional existente entre católicos, protestantes e cismáticos orientais.
    Ora, o Espírito Santo não pode atuar em movimentos heréticos e cismáticos,  que estão fora da Igreja, e sem a graça santificante, que é a vida de Deus nas almas, pois a heresia e o cisma são pecados mortais gravíssimos contra a Fé.
    As frases acima citadas de Matteo Calisi constituem, pois, um erro grave contra a Fé.
 
2o erro
 
“Como se faz hoje a experiência do Espírito Santo?”

Matteo Calisi: “Deus não habita em templos de pedra, mas antes de tudo no coração dos fiéis, no qual derramou a potência do Espírito Santo com seus dons carismáticos, dos quais o maior é o amor, como diz São Paulo (1 Cor 13)”.

 
    Na frase acima de Matteo Calisi se afirma que “Deus não habita nos templos de pedra”.
    Isso insinua que Cristo não estaria realmente presente nas igrejas católicas.
    O que é mais um erro  gravíssimo contra  a doutrina da Igreja, pois é dogma de Fé que na hóstia consagrada, existente nos templos católicos, o Filho de Deus feito homem, Jesus Cristo, está real e substancialmente presente, sob as espécies de pão e de vinho.
    A frase acima citada de Matteo Calisi é então suspeita de heresia.
 
3o erro
 
“Em nossos dias recebemos esta maneira nova e singular de experimentar o poder do Espírito Santo operante nos fiéis, que se chama Batismo no Espírito Santo e a oração carismática”.
 
    A expressão “experiência” de Deus era usada pelos hereges modernistas, e foi condenada pelo Papa São Pio X, na encíclica Pascendi .
    Ela supõe uma presença de Deus imanente ao homem, ou uma “experiência” mística interior, pessoal e inefável, que se teria por meio de uma “receita” mágica , o chamado Batismo no Espírito Santo.
    O chamado “Batismo do Espírito Santo” ou é, então,  um oitavo sacramento– e dizer isso é heresia condenada pelo Concílio de Trento — ou seria um ato mágico
    Pois se houvesse um método automático que, aplicado, forçasse necessariamente o Espírito Santo a se manifestar, e de um modo “experimental, as graças do Espírito Santo não seriam de fato “graças”, isto é , dons sobrenaturais gratuitos. O homem teria um poder de forçar Deus, o que é completamente herético.
    Esse método humano seria mágico, pois que pretenderia ter poder sobrenatural.
     E é o que se verifica em quase todas as reuniões da RCC, e o que seus membros –e agora um de seus dirigentes, Matteo Calisi — defendem explicitamente.
 
4o erro
 
    “Os carismáticos não trazem «novidades», mas são novidade eles mesmos porque ajudam a Igreja a redescobrir, através da tomada de consciência da poderosa ação do espírito Santo na vida de cada um e da Igreja”(…) a maravilha dos dons e carismas se são dados a cada um e a todos para a construção da comunidade de crentes, a fim de que a Igreja, esposa de Cristo, seja cada vez mais bela e mais digna de seu esposo e Senhor”.
 
    Se os carismáticos “ajudam a Igreja a redescobrir“(…) “a maravilha dos dons e carismas” (…) ”são dados a cada um e a todos para a construção da comunidade de crentes” — comunidade dos crentes que é a Igreja — isto significa que a Igreja precisa ser construída.
    Ora, o que precisa ser construído não existe ainda.
    Afirmar que a Igreja de Cristo precisa ser construída é negar que ela exista de fato.
    Isso é herético.
 
5o erro
 
    “A Renovação Carismática Católica, portanto, não se apresenta como um movimento eclesial «hierarquicamente estruturado»
 
    Portanto, a Renovação Carismática seria igualitária.
    Ora , Deus faz tudo em ordem. E a ordem exige desigualdade, hierarquia.
    Se a Renovação Carismática não é hierárquica, mas nivelante, nivelada, sem hierarquia , ela não vem de Deus.
 
    De quem vêm , então, os pseudo carismas dessa Renovação Carismática que nasceu na heresia do protestantismo; seita  que se infiltrou na Igreja Católica como movimento inter confessional, ecumênico; seita defensora de uma Igreja espiritual não dogmática;  seita imanentista e defensora de um misticismo mágico;   seita que coloca Deus mais presente,  — e experimentalmente mais presente,– no homem do que na Hóstia consagrada, que é adorada nas igrejas católicas; seita igualitária e niveladora, que pretende construir a verdadeira Igreja de Cristo?
 
    Muito prezada Kelly, isso tudo não é católico.
    Isso não vem nem de Bari, nem do céu.
    Então, você não advinha de onde isso vem ?
 
            In Corde Jesu, semper,
                Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Devo pregar na RCC combatendo seus erros? - André Roncolato

Cartas: Ex-RCC acusa o movimento carismático e Padre Fábio de Melo - Orlando Fedeli

Cartas: Correções sobre a Renovação Carismática - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais