Montfort Associação Cultural

24 de outubro de 2006

Download PDF

Justiça Divina

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Eder
  • Localizaçao: Brasília – DF – Brasil
  • Religião: Islâmica

Lendo alguns artigos desta página eletrônica iniciei algumas elucubrações e resolvi escrever.
Se Deus é a Suprema Justiça, Misericórdia e Bondade, como pode existir no mundo tamanha diferença entre as culturas que habitam o planeta? Porque existem povos tão atrasados cultural e tecnologicamente, muitos vivendo como se ainda estivessem na idade da pedra? Porque Deus me fez nascer no meio de uma cultura mais ou menos adiantada, com boas escolas, com tecnologia, como a internet, e nega estas condições a tantas pessoas? Porque não nasci na África ou no Timor Leste? Ou no interior da Selva Amazônica? Se seu amor é igual para todas as criaturas, porque há tantas diferenças de condições de vida? Alguns dizem que é culpa do homem, será mesmo? Qual a culpa de uma civilização que cresceu e permaneceu isolada numa ilha do pacífico, ou no meio da Selva, sem contato com nenhuma tecnologia, sem possibilidades de se dedicarem aos estudos dos fenômenos que ocorriam ao seu redor, visto que tinham que passar a maior parte do tempo lutando com a natureza, para não serem por ela devorados? Se eu não devo pensar estas coisas e questionar a Divina Justiça, na intenção de compreendê-la, então pra quê Deus me deu razão e inteligência? Não foi Jesus quem disse: “qual de vós daria uma cobra se seu filho se este lhe pedisse um peixe, ou uma pedra se este lhe pedisse um pão? Que Deus só nos dá coisas boas, se as pedimos?” Ele estava falando somente para os Hebreus? Estas palavras não valem para os outros povos e nações? São mesmo o povo eleito de Deus? E os outros povos são o quê? E os povos que sequer têm religião ou acreditam em outros Deuses ou não acreditam em nada, somente nas potências da Natureza? 
Agradeço desde já a atenção dispensada.

Muito prezado Eder,
Salve Maria.

     Como você se diz islâmico e cita Jesus?
     Você foi batizado católico?
     Para o Islam, Jesus não foi o Filho de Deus feito homem. O Islam — tal como os judeus — nega a divindade de Cristo.
     Como você ficou maometano?

     Passo a responder ao que me pergunta.
     Um povo se torna selvagem pelo abandono da lei de Deus.
     Você pode ver isso acontecendo, hoje. A sociedade atual está se tornado selvagem. Muitos já não têm noção nem de História e nem de tempo. Esses mesmos já quase não têm vocabulário: usam meia dúzia de vocábulos — sempre os mesmos — como “palavras-coringa” com múltiplos significados. Claro que não conseguem quase pensar, já que pensamos com palavras. E essa selvatização dos homens pode ser notada até em pessoas que frequentam universidades. Hoje, há uma em cada esquina. Todas selvagemente pixadas por grafiteiros que rabiscam paredes para dar prova de que sabem escrever.
     Portanto, foi o pecado que conduziu os homens à selvageria. Depois de abandonar a casa do Pai, esses homens foram servir o diabo, e, como castigo, “comem bolotas junto com os porcos”, como observou o Evangelho sobre o filho pródigo.
     Os povos caídos em selvageria são os filhos pródigos. Estão em estado selvagem por abandonarem a Deus.
     Entretanto, assim como o pai não odiou o filho pródigo, mas correu a abraçá-lo, quando ele se converteu, assim também Deus não abandona a ninguém. Nem mesmo quem O abandona ou O renega, passando do Catolicismo para uma falsa religião.
     Deus julga a cada um conforme seus conhecimentos. Quem tem mais favores de Deus, é julgado mais severamente. Os selvagens serão julgados com menos rigor, porque têm menos conhecimentos. Você, por isso, terá um julgamento mais severo, porque tem meios de saber o certo. Se você não buscar a verdade que lhe é mais acessível, você será punido com mais rigor do que um selvagem que violar a lei natural.
     Deus cobra de cada povo na medida dos favores que Deus deu a cada povo.
     Os judeus são o povo eleito de Deus, e, por isso, serão mais poderosamente julgados.
     O povo judeu é como que o primogênito de Deus e os demais povos como filhos menores. Por isso está dito na Sagrada Escritura: 

Bem-aventurado é o meu povo de Egito e o Assírio é obra de minhas mãos; porém a minha herança é Israel“. (Isaias XIX, 25).


     Deus ama todos os povos infinitamente, mas sua preferência é por Israel. Por essa razão, S. Paulo ensina que Deus dará “tribulação e angústia para a alma de todo o homem que faz o mal, do judeu primeiramente, e depois ao grego“. (Romanos II, 9-10)
     E sendo você maometano, veja o que diz muito curiosamente o Corão:   

Se estás em dúvida sobre o que te temos revelado, consulta aqueles que leram o livro antes de ti” (Surata X, 94)

     Allah mandou então Maomé consultar os judeus que haviam lido o livro antes que ele.
     E que o Livro foi dado antes aos judeus está dito em muitas passagens do Corão. Por exemplo:

Certamente, demos a boa direção a Moisés, e demos o Livro como herança aos filhos de Israel” (Surata XL,53).

     Portanto, o Corão foi dado aos judeus e nele se diz que quando Maomé tivesse dúvida sobre o livro, consultasse os mestres de Israel, isto é, consultasse os rabinos.
     E cada um será julgado pelo que conhece.
     Você também.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais