Montfort Associação Cultural

1 de março de 2005

Download PDF

Jejum e penitência

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Juliane
  • Localizaçao: Cascavel – PR – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

Querido Professor Orlando,
Salve Maria!

Não me canso de ler todos os dias os artigos do seu site e, principalmente, as cartas dos leitores, muitas das quais, fazem-me rir e divertir-me. Seus argumentos são excelentes. Rezo a Deus para que o senhor continue na batalha.
Passando à questão de hoje: onde posso encontrar orientações para fazer e jejum e também penitências? Posso eu fazer penitência ou jejum, em benefício de outras pessoas, membros da família, por exemplo?
Recorro à vossa sabedoria pois, hoje em dia, parece que o ensinamento dessas práticas nas catequeses e igrejas, foi esquecido. Nossas crianças (eu mesma!) só ouvem falar sobre esses assuntos quando se trata da biografia dos Santos e olhe lá! Lembro-me que Nossa Senhora já pediu: PENITÊNCIA! E onde estão os penitentes? Talvez estejam falando enrolado em algum grupo de oração, ou quem sabe, fazendo um sermão lindo e protestantoso, que faz até chorar, e que emenda no final o pedido de uma “contribuição” para manutenção do canal, ou quem sabe ainda, estão por aí contabilizando as “bençãos” que obtiveram no último “carnaval com Cristo”. De que adianta tudo isso, “em nome de Cristo”, se nem sequer fazem um sacrifício? Se não fazem caridade? É a chamada fé (se é que se pode chamar de fé)sem obras, ou seja morta! É preciso fazer penitência, porém, se a “rede do Roberto” não diz nada, então não se faz. Precisa-se abster nossas crianças do que é imoral, mas as deixam o dia inteiro em frente a TV, absorvendo as novas normas ditadas pelos canais. Do jeito que a coisa anda, somente surgirão novos santos, se a “rede do Roberto” criar um “reality show” para isso. Porque se depender da prática religiosa, ficaremos sem novos santos.O unico problema que teria esse reality show,seria arranjar os candidatos!
Agradeço sua paciência e atenção dispensada a mim. Continue na luta, com a intercessão de Nossa Senhora e as bençãos de Deus!

Um abraço,
Juliane

Muito prezada Juliane,
Salve Maria!
 
    Que boa carta você me manda, e com tantas excelentes observações. Que Deus a recompense por seus santos desejos e a mantenha com tão clara compreensão da realidade católica.
 
    Sobre a questão da penitência devo dizer-lhe antes de tudo que podemos, sim, oferecer nossos sacrifícios e penitências por outras pessoas.
 
    Recomendo-lhe que leia sobre esse tema os livros de Santa Terezinha do Menino Jesus, que é extremamente equilibrada e sábia nessa questão. Procure seguir a chamada “pequena via” de Santa Teresinha, que consiste em fazer pequenos sacrifícios que não nos trazem tentações de orgulho. Ofereça as dificuldades pequenas que ocorrem no dia a dia: suportar uma colega de trabalho, agüentar uma crítica injusta, deixar de lado uma guloseima, fazer sem reclamar um pequeno favor que se nos pede, etc.
 
    Agradeço-lhe suas orações. E escreva-me sempre.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais