Montfort Associação Cultural

12 de janeiro de 2005

Download PDF

Intolerante defesa da Liberdade de Pensamento

  • Consulente: Samuel Sganzerla
  • Idade: 16
  • Localizaçao: Caxias do Sul – RS – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Religião: Ateu

Eu sou um ser humano completamente cético, não acredito em forças superiores e acho que existe explicação para tudo (se não sabemos explicar algo, não temos que admitir que foi feito por uma entidade sobrenatural). Li recentemente em um site, o qual não quero citar o nome, um texto escrito por vocês sobre a influência “negativa” da música e a total denegrição, que vocês fizeram, do Rock and Roll.

Vocês acham que a música pode levar um ser humano a matar? Que um ser humano não deveria ouvir música para não criar pensamentos? Foi para isso que nasceu o Rock and Roll! Para mostrar a rebeldia do povo contra o estado.

Temos que nos manifestar enquanto alguém no mundo passa fome, miséria; enquanto há guerras feitas pelos poderosos, enquanto não houver liberdade de pensamento. Liberdade de pensamento!

As igrejas e religiões privam um ser humano de poder ser livre, viver bem à sua maneira e até de respeitar as opiniões alheias (o ser humano que não acredita no deus de vocês é considerado um caso perdido, um futuro habitante do inferno).

Exploradores da fé de mentes fracas, isso é o que vocês são, bando de fascistas fanáticos. Mercenários, exploradores financeiros. Os seus “fiéis” (que matam, roubam, estupram e ainda dizem louvar Jesus) contribuem com centenas de milhões de reais todos os anos e vocês abusam dizendo que devem contribuir mais se realmente acreditam em Deus. Esse dinheiro vocês só usam em benefício próprio e ainda são isento de impostos.

Tanta desgraça no mundo e vocês querem a levar os outros a odiar o Rock que, supostamente, é “do Demônio”. Qual é a de vocês?

Prezado Sganzerla, salve Maria !

Muito obrigado por me comunicar que você é um ser humano. Meus parabéns!

Você me comunica ainda que é um ateu. Meus pêsames.

Depois, você passa a defender o rock e a dizer que esse tipo de barulho, visa defender a liberdade de pensamento.

E fundamentado na liberdade de pensamento você despeja um monte de ofensas sobre mim. Com a sua carta, compreendi melhor para que serve e o que é a liberdade de pensamento. Compreendi ainda que não basta declarar-se ser humano. Seria preciso algo mais para ser inteiramente racional.

Que pena!

Uma pessoa tão jovem e já tão destruída e tão cheia de ódio.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: orlando fedeli: "LOBO FEROZ DISFARÇADO EM PELE DE CORDEIRO" - Guilherme Chenta

Cartas: Você é um alienado pelo catolicismo! - Orlando Fedeli

Cartas: Queime no inferno!

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais