Montfort Associação Cultural

24 de outubro de 2007

Download PDF

Inquisição Espanhola e Absolutismo

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Osires Rodrigues
  • Localizaçao: Recife – PE – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Profissão: Funcionário Público Federal
  • Religião: Católica

Prezado Prof. Orlando,

Esclareça-me uma dúvida: Até os livros de história afirmam que a Inquisição Espanhola foi realizada pelo Estado. Porém, o seu tribunal era eclesiástico. Poderia explicar melhor esta questão?

Osires

Recife/Pe

Muito prezado Osires,
Salve Maria.

     Com muito gosto lhe respondo, meu caro Osires.
     Os monarcas absolutos, nascidos da Reforma e do Renascimento, pretendiam ter poder sobre a Igreja assim como sobre o Estado. 
     Os monarcas absolutos fundaram religiões como o Anglicanismo, na Inglaterra, e o Galicanismo, na França. 
     Desde o século XVI os reis espanhóis, apesar de sua oposição ao protestantismo, manifestaram tendências absolutistas. Daí terem  se oposto muitas vezes à Santa Sé. 
     Os Reis da Espanha se apossaram do Tribunal da Inquisição e o utilizaram para combater os inimigos do absolutismo. O mesmo aconteceu em Portugal, onde o Marquês de Pombal, conhecido maçom, usou a Inquisição contra os católicos, para favorecer a instalação de uma monarquia absoluta contrária à Igreja.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Desculpas do Vaticano pela Inquisição - Orlando Fedeli

Cartas: Os arquivos secretos da Inquisição – 1a. Parte - Orlando Fedeli

Cartas: Estudos do Vaticano sobre a Inquisição - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais