Montfort Associação Cultural

29 de novembro de 2004

Download PDF

Inimigos dentro da Igreja

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Pedro Henrique Candido de Oliveira
  • Idade: 20
  • Localizaçao: Maringá – PR – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

Saudações!
Amado irmão Prof. Dr. Orlando Fedeli.
Em 1º lugar quero Parabenizá-lo, pois o trabalho que o Sr vem desenvolvendo
neste sit é de grande valia para muitos irmãos, mesmo não sendo Católicos.
É visível a dedicação que o Sr tem para com esse trabalho. Realmente, é
louvável e admirável.
Tenho acompanhado na medida do meu possível essas matérias tão riquíssimas
que o Sr traz neste sit.
Professor, a algum tempo atrás eu lhe perguntei a respeito de um assunto
interessante e curioso, fico grato pela resposta, foi
clara e objetiva.

Li alguns artigos seus, que sinceramente, fiquei chocado, não
esperava jamais ler algo tão “agressivo” aos meus olhos, vindo do Sr.
Não quero ofende-lo, muito menos agredi-lo em palavras.
Tenho procurado entender sua linha de pensamento. Alguns pensamentos que me
deixam até perplexo.Acredito que tenho encontrado algumas respostas.
Professor, o Sr é um homem de argumentos, tem base no que diz.
Está claro que “As idéias expressas neste site são de responsabilidade
exclusiva de seus autores, os quais são, como todos os membros da Associação
Cultural Montfort, leigos católicos. Nessa condição,os colaboradores deste
site jamais têm qualquer pretensão de falar em nome da Santa Igreja, mas
apenas procuram defendê-la e difundir o que Ela sempre ensinou, de forma
fiel e submissa ao Magistério eclesiástico”. Então a Associação não fala em
nome da Igreja e sim procura defende-la, dentro de conceitos
eclesiásticos,pelo qual a igreja coloca e também dentro de conceitos
pessoais, me refiro aos membros da Montfort.

Caríssimo,
seria um grande prazer conhece-lo pessoalmente, ou até estar em
uma de suas aulas. Quem sabe um dia eu tenha esta oportunidade.

Professor, tenho observado sua indignação com movimentos modernistas, e com
alguns frutos do Vaticano II, o Sr é muito claro quando diz que não gosta de
nada que é moderno. Respeito sua posição enquanto Professor, enquanto
Católico, enquanto ser humano.Mas, não sou obrigado a crer e aceitar de fato tudo
aquilo que o Sr pensa em relação a isto. Uma vez que são reconhecidos pelo Santo Padre o Papa João Paulo II.

De maneira alguma eu quero expressar aqui sentimentos de divisão entre nós.
Só me coloco na liberdade de expressar também aquilo que penso e dizer que
de fato certos movimentos são aceitos e reconhecidos pela Santa Igreja
Católica Apostólica Romana.
Prof. Orlando Fedeli, acredito que tenho procurado ser Obediente àquilo que
a Santa Igreja Católica diz em seu catecismo.Como o Sr também tem buscado
ser.

É lamentável, ver a Santa Igreja Católica Apostólica Romana ser tão atacada
como vem sendo nesses últimos tempos.
Professor, é assustador ver como tem lobos vestidos em pele de cordeiro
dentro da Igreja de Cristo.
Seria correto afirmar que os maiores inimigos da Santa Igreja estão dentro
dela mesma?

Estamos em uma verdadeira Guerra Mundial, pela qual a mesma já matou
milhares de Almas.

Por que será que não vemos hoje em dia homens como São Francisco de Assis,
Santa Tereza do Menino Jesus, São Bento, São João da Cruz, São Camilo, Paula
Frassinet, Tereza Verzeri, e muitos outros Santos que tanto enriqueceram a
Santa Igreja?
A Igreja de Cristo clama por Santos, por mártires, homens que amem a Deus a
ponto de estarem dispostos a dar verdadeiramente a vida pelas almas que o
Pai tanto ama.
É raro encontrar homens com essas características semelhantes aos de Santos
que tanto trouxeram grandes benefícios para a Igreja.

Professor, meus pais formam criados em famílias protestantes. Desde pequeno
tenho buscado a Deus. Saí de dentro do Protestantismo para esta Igreja e
posso afirmar que a Igreja Católica Apostólica Romana é a Igreja de Cristo e
que nela eu encontrei a verdade, nela encontrei Jesus, vivo e ressuscitado.

Se os Pais criassem os Filhos para fazerem a vontade de Deus o
mundo não seria como é, a Igreja não estaria Sendo tão massacrada como está
no momento.
Tenho a graça de ser Católico há bem pouco tempo, desde 1997.

Prof. Dr. Orlando Fedeli,
Continue seu trabalho de amor a Deus e a obra.
Que o seu coração seja iluminado,pelo Espírito de Deus, a cada dia de sua
vida, para que verdadeiramente a efusão do Espírito Santo aconteça em ti
diariamente e que muitas almas se convertam ao verdadeiro Deus e que muitos
Católicos se tornem Católicos autênticos.

Que nosso amado e querido Papa João Paulo II, tenha forças para continuar
seu trabalho apostólico na Igreja. Trabalho pelo qual ele tem desempenhado
com muito amor a ardor missionário.
Como o Sr mesmo disse:
“Possa Deus nos salvar na tremenda crise que se abate
em nossos tempos sobre a Igreja Católica, especialmente nestes momentos em
que se dará o Conclave e uma eleição papal que se afigura próxima e bem
tempestuosa”.

“No horizonte da Igreja, se prospecta uma grande tragédia no
próximo Conclave. Teme-se a possibilidade bem real de um cisma gigantesco”.

Em nome de Jesus Cristo, que as misericórdias de Deus se estendam sobre a
Santa Igreja.

Sem mais subscrevo-me mui,

Fraternalmente.

Pedro Henrique

Obs: Favor editar em vosso sit.

Muito prezado Pedro Henrique,
Salve Maria!
 
    Muito obrigado por seus elogios ao meu trabalho no site Montfort, como também por suas críticas a meu estilo.
Depois de me dizer que jamais você viu alguém com estilo “tão agressivo” como o meu, você me diz:
    “Professor, é assustador ver como tem lobos vestidos em pele de cordeiro dentro da Igreja de Cristo”.
    Pois se os lobos estão dentro da Igreja, como você quereria que eu os tratasse?  Com golpes de espanador, para tirar-lhes o pó das peles de cordeiro com que eles se trasvestem?
    Você me pergunta depois:
    “Seria correto afirmar que os maiores inimigos da Santa Igreja estão dentro dela mesma?”
    Claro que é correto dizer isso. Basta ver o que acontece hoje na Igreja. Aliás, o autor dessa frase foi um Papa — São Pio X — e um Papa santo.
    Portanto, essa frase é três vezes verdadeira.
    Muito obrigado por suas orações, e que Deus lhe pague por seus bons desejos.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Hoje não sou mais carismático. Sou mais católico - Orlando Fedeli

Cartas: Montfort: voz que clama no deserto da web - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Corintiano, graças a Deus ou “Como o Corinthians salvou São Jorge!” - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais