Montfort Associação Cultural

24 de abril de 2012

Download PDF

Influência da TFP sobre os Arautos do Evangelho

Autor: Alberto Zucchi

  • Remetente: Paulo Roberto Cavalcante
    Idade: 30
    Religião: Católico
    Localização: Vargem Grande Paulista – SP , Brasil

Prezado Orlando,

Tenho 2 filhos de 9 e 12 anos que começaram a frequentar o projeto Futuro e Vida dos Arautos do Evangelho. Criei uma grande admiração pelos rapazes Arautos, mas pesquisando sobre o Dr. Plinio é que descobri a ligação desta Comunidade Católica com a TFP, instituição que na década de 70 fui levado a ter grande repulsa, pois eram fanáticos.

A minha pesquisa me mostrou vídeos dos Arautos, em que se busca a perfeição, e isto é bíblico “sede perfeitos como é o meu pai”, contudo, pelo regimento disciplinar do exército.

Meus meninos aprendem teatro, música e caratê, além de ter uma formação religiosa de acordo com a nossa..

Voce acredita que pode surgir neste relacionamento estas bobagens de fim-do-mundo, adoração a Dona Lucilia e etc?

Abraço

Prezado Paulo Roberto,
Salve Maria!

Inicialmente gostaria de me apresentar. Meu nome é Alberto Zucchi e após o falecimento do Professor Orlando Fedeli em 09 de junho de 2010 me tornei o presidente da Montfort.

Conheci o Professor Orlando no ano de 1972, e após assistir muitas aulas em sua casa passei a freqüentar a TFP até 1983, quando devido a descoberta de erros doutrinários que eram transmitidos em reuniões secretas na TFP, acompanhado o Professor Orlando, deixei esta entidade.

No período que freqüentei a TFP conheci muito bem João Clá Dias, atual Monsenhor Scognamiglio, fundador dos Arautos do Evangelho.

Monsenhor Scognamiglio era na TFP o responsável pela formação dos mais jovens da TFP e o maior de todos os fanáticos de Dr. Plinio Correa, de tal forma que era conhecido como o discípulo predileto, título que lhe foi conferido pelo próprio Dr. Plinio.

Mosenhor Scognamilio afirmava sem nenhum constrangimento que Dr. Plinio era o maior Santo de todos os tempos da Igreja católica, que o Espírito Santo havia se retirado da Igreja e agora habitava em Dr. Plinio, e que se Dr. Plinio não tivesse correspondido a graça seria uma desonra Nosso Senhor ter se encarnado, e que portanto, a Encarnação dependia de Dr. Plinio. Para Monsenhor Scognamiglio Dr. Plinio não tinha pecado original.

O culto para Da. Lucilia era igualmente difundido por Monsenhor Scognamiglio. Segundo ele a santidade de Da. Lucilia só era superada pela de Dr. Plinio. Ele distribuía “relíquias” e apresentava objetos de particulares de Da. Lucilia para culto.

Quem conheceu Mosenhor Sconamiglio naquela época fica surpreso com a “devoção” que ele presta ao clero nos dias de hoje, pois quando estava na TFP, chamava a Igreja católica de “estrutura”, recusava-se a chamar João Paulo II de Papa, dispensava os garotos da TFP de assistirem à Missa, e fazia toda espécie de crítica ao clero, sem o menor respeito, chegando mesmo a debochar muitas vezes de Dom Mayer.

Mosenhor Scognamiglio teria se convertido?

É conhecido o texto em que ele comenta que a aprovação dos estatutos do Arautos do Evangelho é uma operação “Judit”, referindo ao caso relatado no Antigo Testamento quando no qual Judit se aproximou de Oloferne para matá-lo. Também muitos dos que freqüentam ou freqüentaram aos Arautos afirmam que o culto a Dr. Plinio continua o mesmo, apenas agora, um pouco ofuscado pelo próprio culto que Monsenhor Scognamiglio exige para ele mesmo. Os trabalhos apresentados por Monsenhor Scognamiglio e por outros membros dos Arautos, em diversas faculdades, têm invariavelmente como tema Dr. Plinio.

Fiz aqui um minúsculo relato dos absurdos da TFP, recomendo a leitura do livro “No pais das maravilhas: A Gnose Burlesca da TFP e dos Arautos do Evangelho” de autoria do Professor Orlando e que pode ser adquirido através do site da editora Montfort.

Então, prezado Paulo Roberto não se trata de uma possibilidade de que o culto a Da. Lucilia e as loucuras da TFP estejam presentes nos Arautos, essas loucuras e esse culto já existem de fato, e tenho certeza que você fará muito bem em afastar seus filhos desta instituição o quanto antes.

Não deixe de rezar por nós. Rezarei especialmente pelos seus filhos

Alberto Zucchi

Publicações relacionadas

Cartas: Por que vocês não atacam o Papa Francisco?

Vídeos: TFP, IPCO e Arautos do Evangelho - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: IPCO – Os Zumbis voltam à cena - Alberto Zucchi

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais