Montfort Associação Cultural

23 de agosto de 2005

Download PDF

Infalibilidade x Impecabilidade

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Marcelo
  • Idade: 20
  • Localizaçao: Piracicaba – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior incompleto
  • Religião: Protestante

Olá professor. Desculpe-me mas vc vai precisar de um pouco de paciencia comigo… :)

Eu fiquei meio assustado com a sua citação: “Não existe um versículo “Leia a Bíblia” na Bíblia. A palavra tem q ser ouvida da boca de alguém. Esse alguém é Pedro, o papa.O único representante de Cristo na Terra”.

OK.. vamos supor q isso seja verdade. Me explica, por favor, como é q a igreja católica pode garantir que o “legado da infabilidade” e Pedro foi passado corretamente até os dias de hoje. Principalmente depois de saber q na história existiu muita corrupção da parte desses papas e se naum me engano (aí c vai me ajudar, já q é um professor de história) existem ate papas q assassinaram outros papas para alcançarem esse status. Como é q a igreja catolica reconhece a aprovação de Deus nessa escolha do papa?

Outra coisa, para complementar: Até onde vai essa infabilidade papal? Veja Galatas 2:11-14. Pedro, “representante de Cristo na Terra”, cometeu um terrível engano. É claro q Pedro era um homem cheio do Espírito de Deus e q através dEle fez coisas grandiosas, mas pecou e errou muito por ser carne e osso como nós. Naum tinha nenhum atributo a mais. (Inclusive negou a Cristo depois de receber “as chaves do céu”)

Obrigado. Ficarei grato se puder me esclarecer e mostrar seu ponto de vista.

Valeu,

Marcelo

Prezado Marcelo, salve Maria.

Para compreender a infalibilidade que Cristo concedeu a Pedro e a seus sucesores, você deve distinguir entre a pessoa e o cargo de Sumo Pontífice.

Quando Cristo confiou a São Pedro as chaves do Reino dos Céus, não lhe concedeu a impecabilidade pessoal. Pedro continuou a ser um homem, capaz de pecar, como eu, ou você.

Tanto assim que Cristo permitiu que Pedro pecasse, como você bem registrou, e mesmo depois de receber o Espírito Santo.

Por isso, os Papas, pessoalmente, podem ser até assassinos, mas continuam infalíveis, quando ensinam a Igreja toda, sobre Fé e Moral, com o poder concedido por Cristo a Pedro, e querendo definir uma doutrina, e proibindo a doutrina contrária.

Você se engana julgando que o Papa eleito é escolhido por Deus por ser bom. Não. Deus pode permitir, para castigo dos homens, que seja eleito um mau Papa, isto é, um pecador, ou pior ainda, um Papa que governará mal a Igreja. E disso houve já, no passado, infelizmente, vários exemplos. Entretanto, os pecados pessoais desses Papas não afetaram a face da Igreja , que é sem ruga e sem mancha, que é sempre a santa e única Sponsa Christi, na qual devemos querer viver e morrer.

In Corde Jesu, semper, Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais