Montfort Associação Cultural

12 de maio de 2006

Download PDF

Homeopatia e espiritismo

  • Consulente: Mércia Assis Dos Santos Valverde
  • Idade: 39
  • Localizaçao: São Vicente – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Secretária
  • Religião: Católica

Eu já li sobre a origem da homeopatia e descobri que há alguma relação com espiritismo. Faço tratamento homeopata para rinite alérgica e agora fiquei preocupada se devo ou não dar continuidade, uma vez que procuro seguir as leis da Igreja Católica.

Prezada Mércia,
Salve Maria.
 
A base da homeopatia é a de extrair uma energia espiritual através da maceração e sucussão de plantas e outras substâncias.
 
Além disso, existe a teoria do “Similia similibus curantur” que prega que. por exemplo: se uma substância causa febre num paciente sadio, seu medicamento homeopático deve curar a febre.
 
Estes princípios não são científicos e nem racionais.
 
Esta idéia de energias espirituais que se harmonizam para um “equilíbrio espiritual” e curam o corpo é o que tanto atrai as correntes espíritas na homeopatia.
 
A ligação histórica entre espíritas e homeopatas no início do século XX é um assunto interessante para ser estudado. Veja um exemplo de bibliografia disponível:
A ligação entre estas duas correntes filosóficas é clara e aceita por um grande número de espíritas.
 
Veja, por exemplo, o que o médico Paulo Bento Bandarra diz:
 
“Em 1840, o Dr. Benoit Mure trouxe ao Brasil a homeopatia, e estas práticas de mesmerismo e passes mediúnicos, aprendidas com Hahnemann em Paris, viriam a ser o esteio da prática do espiritismo no país nestes 160 anos. Mas sua “escola vitalista” em Montpellier fechou, assim como diversas escolas e hospitais homeopatas através do mundo entraram em colapso no início do século 20.”
 
Usar da homeopatia, sabendo da sua irracionalidade, é inadmissível, uma vez que pode ser caracterizado como superstição ou até mesmo, em último grau, como ato de magia. O melhor mesmo é jogar fora.
 
Com relação ao seu caso, digo com tranquilidade que este “medicamento” homeopático está servindo apenas de placebo (substância inócua que pode repercutir no organismo por meio de sugestão psicológica). Procure um médico alergologista para tratar as causas de sua rinite.
 
Cordialmente,
Hermann Windisch Neto

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Ética e células-tronco

Cartas: Imensidão do Universo - Orlando Fedeli

Cartas: Extraterrestres - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais