Montfort Associação Cultural

31 de janeiro de 2005

Download PDF

Hitler e Judeus

  • Consulente: Fernando Pereira de Azevedo
  • Idade: 23
  • Localizaçao: Rio de Janeiro – RJ – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Professor
  • Religião: Católica

Caro Professor Orlando,

Sou um leitor assíduo de sua página e a aprecio muito. O motivo de minha correspondência reside na questão “Hitler e os judeus”.

1) Qual a real razão da perseguição de Hitler aos judeus. Em estudos anteriores que desenvolvi, pareceu-me que era pela questão da purificação da raça alemã. Mas após uma ríspida resposta dada pelo senhor em um artigo, no qual um leitor claramente faz apologia ao nazismo, deu um nó em minha cabeça.

2)Este artigo deu tamanho nó em meus pensamentos, que me surgiu outra dúvida. Hitler usufruiu de judeus em seus mecanismos de captura, onde estes mesmos judeus perseguiam a seu próprio povo, e os mandava para os campos de concentração e consequente extermínio? Se foi exatamente isto que disse, gentilmente peço que me diga em que autores se baseia nesta afirmação,em quais livros, artigos e etc.
Acrescento que para mim é uma revelação

Att.

Fernando Azevedo

Caro Fernando, salve Maria!

Inicialmente, gostaria de me desculpar por demorar tanto a respondê-lo.

O nazismo perseguiu os judeus por motivos racistas e eugenistas, pois consideravam os judeus geneticamente inferiores. O anti-semitismo alemão praticamente começou com Lutero, que sugeria que os judeus, já em sua época tivessem suas sinagogas queimadas e que fossem expulsos da Alemanha.

Sobre a colaboração dos judeus no seu próprio extermínio, leia o livro de Hannah Arendt “Eichman em Jerusalem“, que é muito esclarecedor.

Existe também um livro do escritor americano Edwin Black, que é judeu, como Hannah Arendt, chamado “The Transfer Agreement”, onde ele mostra como os judeus sionistas colaboraram com o regime Nazista, fazendo acordos econômicos e de transferência de recursos dos judeus alemães, para criar o Estado de Israel. Um aspecto curioso do livro e que ele relata que a elite dos Judeus na época procurava abafar os crimes que os nazistas cometiam na Alemanha.

Auxilium Christianorum, ora pro nobis.

Paulo Pedrosa

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Em Fátima, Bento XVI reacendeu e fixou o sol da esperança

Cartas: Inquisição e infalibilidade - Orlando Fedeli

Cartas: Imortalidade da alma dos índios - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais