Montfort Associação Cultural

17 de janeiro de 2005

Download PDF

Hierarquia da Santa Igreja

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Marcos Reis
  • Localizaçao: Porto Alegre – RS – Brasil
  • Religião: Católica

Estimado Sr. Fedeli:

Louvado seja Nosso Senhor!

Gostaria de obter maiores informações sobre a composição da hierarquia da Santa Igreja, se possível com funções típicas de cada posto, já que me parece haver pouco esclarecimento dos fiéis em geral quanto a esta questão.

Da mesma forma, penso ser muito importante salientar e valorizar o papel de hierarquia e do respeito, mormente em um mundo completamente insultado pela fúria igualitária que penetra sutilmente nas mentes, mesmo nas menos corrompidas.

Afirmando que travamos idêntico combate, deixo-lhe o sincero incentivo de um admirador.

VIVA O CRISTO ETERNO!

Desde já o meu agradecimento,

MARCOS REIS

Muito prezado Marcos, salve Maria!

A Sagrada Hierarquia da Igreja Católica foi instituída por Nosso Senhor e consta de três graus: o Papado, o Episcopado, e o Presbiterato, ou seja Papa, Bispos e Padres.

O Papado foi instituído pelo próprio Nosso Senhor Jesus Cristo, ao fundar a sua única Igreja sobre São Pedro, ao dar-lhe as chaves do Reino dos Céus, com poder infalível (Cfr. Mt XVI 16-20).

Os Apóstolos escolhidos por Cristo, receberam poder dEle mesmo, quando lhes disse: “Quem vos ouve a Mim ouve”. (Luc. X, 16) E lhes concedeu a missão de ensinar e batizar a todos em Nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

Os Apóstolos, em nome de Cristo, transmitiram o poder sacerdotal aos presbíteros, como se lê nos Atos dos Apóstolos e nas Epístolas.

Todos os demais títulos usados na Igreja para alguns eclesiásticos são honoríficos.

O titulo de Cardeal é dado pelo Papa a alguns, tornando-os Príncipes da Igreja com direito de aconselhar e criticar o Papa, e de eleger o sucessor do Papa falecido. Os Cardeais normalmente têm função governativa na Cúria Romana, ou Governo da Igreja. Eles também, como Cardeais, recebem o título de vigários de alguma igreja de Roma, e é por isso que podem participar do Conclave que elege o Papa, pois no início da Igreja, o Papa era eleito por aclamação do povo romano, e hoje é eleito pelos vigários das igrejas de Roma, isto é, os Cardeais. A capa vermelha usada pelos Cardeais representa o juramento que eles fazem de derramar o seu sangue, se preciso, pela defesa da Fé e da Igreja.

Arcebispo é o título do Bispo que preside honorificamente uma província eclesiástica. Neste caso, o Arcebispo pode convidar os Bispos de sua província para alguma reunião, que ele presidirá. Mas um Arcebispo não manda nos Bispos, os quais devem obediência apenas ao Papa.

Monsenhor é um título de honra apenas.

Cônegos são os conselheiros de um Bispo, na sua Diocese. Eles eram encarregados outrora, de fazer as orações oficiais da Diocese na Catedral de seu Bispo. Por isso, eles tem uma cadeira no presbitério da Catedral. Eles formam o Cabido da Diocese, com poder de fiscalizar as despesas da Diocese, e eleger o Vigário Geral, quando a Diocese fica temporariamente sem Bispo.

Os padres governam as paróquias em nome do Bispo, e lhes são subordinados, dai o seu título de vigários, que significa aqueles que estão no lugar de outro.

Esperando tê-lo ajudado, me subscrevo

in Corde Jesu, semper,

Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Oração e Vida Espiritual: Quarto Domingo da Quaresma – Domingo Laetare

Documentos da Igreja: Spe Salvi

Cartas: Arcebispo de São Paulo celebra em Rito Maronita, mas não sabia o que fazer. Foi válido? - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais