Montfort Associação Cultural

22 de novembro de 2004

Download PDF

Filioque

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Luiz Fernando
  • Idade: 16
  • Localizaçao: São José dos Campos – SP – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Religião: Católica

Os gregos ortodoxos acusam a Igreja Católica de ter adicionado a palavra Filioque no Credo. Isso de fato ocorreu ou essa acusação é só invensão de Fócio?

Prezado Luiz Fernando, salve Maria.

A acusação de que a Igreja acrescentou ilegitimamente palavras ao Credo anterior é ridícula.

Os cismáticos deveriam admitir, então, que todas as palavras do Credo de Nicéia que eles aceitam a respeito de Cristo foram acrescentadas ilegitimamente ao Credo inicial dos Apóstolos. Porque as palavras “unigênito”, “consubstancial ao Pai”, “gerado, mas não criado”, referentes à Pessoa do Filho de Deus, não estavam no Credo primeiro da Igreja.

Os Concílios explicitam o que estava contido na Fé inicial, à medida que os hereges inventam uma nova doutrina falsa.

A expressão “Filioque”, isto é, “e do Filho”, foi acrescentada para explicitar que o Espírito Santo, o Amor de Deus, procede do Pai e do Filho. As duas primeiras Pessoas da Santíssima Trindade, o Pai e o Filho, ambos se amam mutuamente, e esse Amor mútuo é o Espírito Santo.

A expressão foi acrescentada, mas não inventada gratuitamente. Nem ilicitamente.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Dois livros - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: Justiça para Dom Lefebvre e Dom Mayer

Cartas: Carta escandalosa de D. Pedro Casaldáliga - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais