Montfort Associação Cultural

12 de fevereiro de 2010

Download PDF

Expansão do número de hereges no Brasil

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Arthur Henrique de Lima Ferreira
  • Localizaçao: Belo horizonte – MG – Brasil
  • Religião: Católica

“Et verbum caro factum est. Et habitavit in nobis.”

Caros amigos da Associação Cultural Montfort, saudações respeitosíssimas,

sei que estão muito atarefados em responder as inúmeras cartas que recebem diariamente, e que são minuciosamente respondidas, mas ficaria muito feliz se minha carta fosse respondida.
Gostaria de tomar este espaço, apenas para dizer o quão importante se tornou este site para mim, uma vez que contribuiu imensamente para minha evolução em estudos sobre a doutrina da Santa Madre Igreja. Agradeço muito pelo trabalho que vocês realizam, que Deus lhes abençoe.

Através de vários artigos que aqui encontrei, consegui derrubar falácias protestantes. Consegui desmentir várias mentiras que são divulgadas neste mundo moderno, que coloca a Santa Igreja apenas como Inquisidora ou como “a grande vilã da história da humanidade”, e não como única instituição de evangelização digno, o qual foi instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo (Mt. XVI, 18).
A qual sobrevive há 20 Séculos, municiada de bençãos de Nosso Senhor e da proteção da Virgem Imaculada.

Venho através desta carta pedir uma informação, sobre a posição do Vaticano quanto ao significativo aumento de protestantes (leia-se: hereges) no Brasil.
Lamentavelmente, em minha cidade, Belo Horizonte, a cada dia vejo mais e mais, diferentes denominações novas de “Igrejas”.
O número de católicos por aqui está diminuindo, e o único rebanho de Cristo está sendo perdido. Os perdidos estão sendo subdivididos em vários pequenos grupos, guiados por homens que se intitulam pastores, e que julgam conhecer e poder interpretar as Sagradas Escrituras quando/como quiserem.

A situação está me preocupando muito, o número de pessoas desviadas do caminho certo está crescendo. Não vejo ações enérgicas da Diocese (dentro da própria Igreja) para evitar isto. Creio que o problema esteja com alguns sacerdotes, que não conseguem fazer pregações que mostrem o real valor de ser católico e demonstre tudo o que é certo, ou seja, a doutrina Católica.

O Vaticano vem se posicionando de alguma forma para evitar isto que está ocorrendo, não só em Belo Horizonte, mas em todo o Brasil?

Ora pro nobis, Sancta Dei Genetrix. Ut digni efficiamur promissionibus Christi.

Arthur Henrique de Lima Ferreira.

Muito prezado Arthur,
Salve Maria.
 
     O enfraquecimento que você aponta na Igreja, hoje, é conseqüência direta do Concílio Vaticano II, que introduziu na Igreja erros modernistas. Outra causa desse enfraquecimento é a nova Missa de Paulo VI também ela cheia de erros, que deixa em dúvida o caráter de sacrifício propiciatório da Missa e a transformou num a”festa” dessacralizadora e muito parecida com a ceia protestante.
     Cristo foi tirado do centro das igrejas. E de onde Cristo é retirado, entra outro em seu lugar. E é esse outro o causador de toda a ruína.
     E isso não acontece apenas em Belo Horizonte, mas em todo o Brasil e em todo o mundo. O ecumenismo do Vaticano II levou à morte quer a defesa da Fé, quer a sua difusão. Para que defender a Fé, para que propagar a Fé Católica, se em todas as religiões se poderia alcançar a salvação? 
     Os padres não têm mais estudos sérios, pois que nos seminários o que aprendem – quando aprendem algo – é o modernismo escarrapachado do pós Concílio, nascido da letra do Vaticano II.
 
     Felizmente, o Papa Bento XVI está tomando medidas heróicas para reverter essa situação. No dia 13 de maio próximo, Bento XVI irá a Fátima, Ora, em Fátima, em 1917, no Terceiro Segredo, Nossa Senhora preveniu que não se mudasse a doutrina, que não se mudasse a Missa
     Mudaram a Missa e doutrina, e o resultado aí está aos olhos de todos, e só o nega o cego que não quer ver.
     A ida do papa Bento XVI a Fátima se reveste de uma grande importância, pois foi esse papa que começou o retrono da Igreja à posição que ela tinha antes do Vaticano II. E isso é o que previu Dom Bosco cujas visões complementam o que Nossa Senhora mostrou e o que foi visto pelos três pastorezinhos em Fátima. Revelará Bento XVI a explicação dada por Nossa Senhora da visão que Ela deu às três ciranças em 1917?
     Se o Papa fizer isso, mudará a história do mundo e a história da Igreja.
     Rezemos pelo Papa Bento XVI.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli
 
Ps. Dia 20 estarei dando aulas em Belo Horizonte. Se puder compareça. Pedirei que lhe indiquem o local e a hora das palestras. OF

TAGS

Publicações relacionadas

Documentos da Igreja: Juramento Papal

Cartas: Diocese de Campinas: candomblé, sim; Missa de sempre, não - Fábio Vanini

Cartas: Padre Libânio é de Deus. Revejam o ataque feito no site - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais