Montfort Associação Cultural

27 de janeiro de 2005

Download PDF

Ex-pentecostal se converte a verdadeira Igreja de Nosso Senhor

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: P
  • Idade: 27
  • Localizaçao: Rio de Janeiro – RJ – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

Salve Maria,

Olá irmãos,

Estou para escrever há muito tempo mas infelizmente não foi possível, queria escrever um relato completo de minha conversão mas infelizmente o tempo é mui curto e como meu acesso à internet é limitado ( pois estou no trabalho) isto não será possível.

Fui “membro” de algumas igrejas evangélicas desde 1997 e hoje Graças a Deus (e creio, pela intercessão constante de Maria Santíssima) estou de volta à Igreja Católica.

INFELIZMENTE, fui “rebatizado” em uma Igreja neo-pentecostal e “persegui” ferozmente a Santa Igreja de Cristo por muito tempo e confesso que sempre movido por absurdos preconceitos e ignorância extrema.

Hoje meus olhos graciosamente foram abertos e posso então dizer que amo a ÚNICA E VERDADEIRA Igreja, única fundada por Jesus, fundamento e sustentáculo da VERDADE.

Ainda não me confessei, mas pretendo fazê-lo em breve pois quero o mais rápido possível receber Jesus Sacramentado.

Irmão Orlando, confesso que quando conheci o seu site eu te “odiei” profundamente!!! Seus aritgos, respostas e debates – extremamente recheados de sinceridade e serenidade – me fizeram refletir e re-pensar toda minha vida espiritual. Hoje irmão, mesmo sem te conhecer posso dizer que te amo fraternalmente pois fostes e és mesmo sem saber- uma ajuda segura nas horas em que as dúvidas infelizmente ainda assaltam a minha mente…

Minha esposa também está indo à Santa Missa, infelizmente ela não chegou a fazer a 1ª Comunhão, gostaria de saber o que fazer, pois ela anseia muito receber Jesus na eucarisitia!!! Toda vez que ela presencia a celebração do Mistério eucarístico ela chora,se emociona… ontem ela me confessou que nunca tinha conseguido “engolir” o ensinamento da “igreja” da qual éramos membros em relação à eucarisitia.

Irmão,minha esposa precisa fazer a catequese como uma criança? gostaria que o Senhor me orientasse…

Temos uma filha de 03 anos batizada na I. Presbiteriana, precisamos rebatizá-la?

O mais interessante é que nós nos convertemos trabalhando na I. Presbiteriana, ela é ainda zeladora em nossa antiga “igreja” e temos sobrevivido à duras penas, tendo até mesmo que esconder a nossa conversão ao catolicismo com medo de represálias e/ou coisas parecidas…

Estamos pensando em entrar com uma ação trabalhista contra esta “igreja” pois minha esposa está acumulando funções ( zeladora, faxineira, servente, vigia) e está sofrendo dos nervos e de fadiga (e ela só tem 26 anos) sabe irmão, tenho pedido muito à Deus uma orientação… o que o senhor me aconselha? nós só não fomos embora ainda pois não temos por enquanto como voltar a pagar aluguel…

Sei que Maria, nossa Auxiliadora está a rogar por nós e sei que sua intercessão é poderosa, mas estamos ansiosos…

Irmão, nós já paramos de frquentar os cultos e estamos indo à missa dominical pois não temos tempo de ir em outro dia, ela vai uma semana e eu vou na outra…

Reze por nós irmão…

nossa situação é dificil.

P.S.- eu era candidato ao “ministério pastoral” mas me consideravam “muito católico” e me boicotaram.

Louvado seja Deus por isso e toda honra e glória sejam dadas ao Nome Daquele que venceu.

em Cristo, por Maria, Nossa Mãe,

P.

(Nota: o verdadeiro nome do consulente foi omitido para que o mesmo não sofresse represálias.)

Muito prezado P, salve Maria!

Sua carta me causou imensa alegria, por verificar como Deus é infinitamente bom, aproveitando até de minhas pobres cartas, e de meu estilo combativo, para trazer de volta você e sua família para a Igreja Católica Apostólica Romana, a única e verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.

São fatos como esse, de sua conversão e de sua família ao catolicismo, que me incentivam e me recompensam por lutar, através da Internet, todos os dias, em prol da Fé Católica. Nesses desgraçados tempos de ecumenismo relativista em que vivemos, é a defesa desassombrada da verdade que conquista as almas para Deus, e não as conciliações incoerentes e indiferentistas.

Agradou-me muito também o fato de você compreender que a graça de sua conversão lhe veio por meio de Nossa Senhora Auxiliadora, à qual consagrei meu apostolado, de uma certa forma, desde que era menino, e, depois, como professor.

Você me chama de seu irmão, e é verdade. Convertendo-se ao catolicismo, por meio da sempre Virgem Maria, Auxiliadora dos cristãos, você se tornou, sim, meu irmãozinho caçula in Corde Jesu, semper.

Que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo nos mantenha sempre unidos à verdade e em seu Coração Sacratíssimo, sempre fiéis à Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

Vou recomendar a nossos amigos do Rio de Janeiro que o procurem imediatamente, a fim de ajudá-los, e instruírem na Fé Católica, preparando-os convenientemente para a confissão e para a Comunhão, e em tudo o mais que possamos fazer por você e por sua família.

Gostaria muito que vocês todos viessem a São Paulo conhecer a Montfort. Seria uma alegria tê-los um fim de semana conosco, hospedando-os, e dando -lhes a instrução de que têm necessidade.

Toda a Montfort ficou edificada com a conversão de sua família, e todos rezamos para que Deus os mantenha e resolva o quanto antes todos os seus problemas. Aproveito a oportunidade para desejar-lhe um santo Natal a você e aos seus.

Desde agora, e para sempre, seu irmão

in Corde Jesu semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Batismo de adultos e crianças - Orlando Fedeli

Cartas: Não é possível uma união entre católicos e protestantes - Orlando Fedeli

Cartas: Intercessão - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais