Montfort Associação Cultural

22 de novembro de 2004

Download PDF

Eucaristia na Igreja Ortodoxa

Autor: André Palma

  • Consulente: Willian Mota Melo
  • Idade: 21
  • Localizaçao: Volta Redonda – RJ – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

Caro Profº Orlando

Uma vez me disseram que a eucaristia celebrada na Igreja ortodoxa é verdadeiramente o corpo e o sangue de Cristo assim como na Igreja Católica Apostólica Romana e que existem outras Igrejas Apostólicas com o nome de Melquita e Maronita. Desejo muito que o senhor me esclareça. Pois quando me converti ao catolicismo, eu acreditava que a Igreja de Roma era a única autêntica. Isso causou em mim uma dúvida: professor, me esclareça, existem outras igrejas apostólicas? A igreja ortodoxa tem sacramentos válidos?

Um abraço e que Nossa Senhora o proteja.

Prezado Willian, Salve Maria!

Em primeiro lugar gostaríamos de agradecer sua consulta ao site Montfort!

A chamada Igreja Ortodoxa — que, na verdade, começou como Igreja Cismática — diversamente dos protestantes, tem sucessão apostólica, o que significa que seus sacramentos são válidos, embora ilícitos pelo cisma.

Isto significa que um católico não pode comungar numa Igreja Ortodoxa.

Quanto à eucaristia em particular, note que a última encíclica do Papa – Ecclesia de Eucharistia – trata exatamente da licitude dos católicos receberem a comunhão em outras religiões ditas cristãs e vice-versa.

“Por isso, os fiéis católicos, (…) devem abster-se de participar na comunhão distribuída nas suas celebrações (dos “irmãos separados”), para não dar o seu aval a ambigüidades sobre a natureza da Eucaristia e, conseqüentemente, faltar à sua obrigação de testemunhar com clareza a verdade.”.

A Igreja Ortodoxa se separou da obediência ao Papa, e inicialmente, era apenas cismática. Depois, negou ou recusou vários dogmas como a processão do Espírito Santo do Pai e do Filho (os cismáticos afirmam que o Espírito Santo procede apenas do Pai e não do Filho. É a questão famosa do Filioque), a infalibilidade do Papa e os dogmas marianos proclamados pela Igreja, após o cisma do oriente.

Quanto ao ritos melquita, rito muito antigo da Igreja Oriental, segue a mesma regra. Enquanto os melquitas estiverem unidos ao Papa e seguirem a sucessão apostólica pela imposição das mãos serão ritos válidos e lícitos.

Quanto ao rito mosárabe, rito espanhol, foi suprimido pela codificação do Missal de S. Pio V no séc. XVI.

Esperando tê-lo respondido,

In Corde Jesu,
André Bortolato

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: A Montfort combate agora e combaterá sempre pela fé católica - Orlando Fedeli

Cartas: Allan Kardec racista - Orlando Fedeli

Cartas: Acão da Igreja contra o protestantismo - Marcelo Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais