Montfort Associação Cultural

27 de janeiro de 2005

Download PDF

Em defesa da RCC – confissões

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Fabiana Paula
  • Idade: 25
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Profissão: professora
  • Religião: Católica

Caros organizadores e trentistas do site montfort, Salve Maria!!
Eu fico muito triste com os seus ataques a RCC, muitos foram para o paganismo, espiritismo depois das barbaridades que vcs falam da RCC, que é um movimento muito Biblico , Católico.
Eu sei que vocês vão me chingar e me chamar de mal informada e que eu estou errada, será?
Sei que a RCC nasceu de um grupo que leu um livro evangélico e quis esperimentar o que até ma biblia fala, que é o Derramamento do Espirito Santo.
Sei que foi preciso um livro evangélico para isto, como foi preciso muitas outras coisas para que sempre haja a renovação.
Se não fosse lutero, não que eu goste dele, mas se não fosse ele a reforma pra melhor na igreja não teria acontecido, né?
Se não fosse São francisco, a igreja teria sido muito pior, com muita luxuria, foi a visão do papa sobre a igreja em ruinas e um pobre sigurando-a foi a revelação para não matarem Francisco.
Então é sempre necessário que algo de ruim ou diferente aconteça para que a igreja se renove pra melhor.
Não é errado eu falar assim, vcs continuam no passado, no concílio de trento, que foi renovado com o concílio II.
Não falem mal do Padre jonas , ele foi brutalmente incompreendiodo por vcs, pois ele é um padre muito bom, e já trouxe muitos para DEUS.
Se vcs o critica por causa de alguns erros em seus livros, saiba que nimguém é perfeito e infalível, só o papa que também ama a RCC e teve uma experiencia marcante com o espirito santo na RCC que a sua graça se renova até hoje.
Que o dicernimento possa entrar na vida de vcs, Trentistas.

Muito prezada Professora Fabiana,
salve Maria
 
    Muito agradeço sua carta que me dá uma informações preciosas:
 
    1- que na RCC há quem considere que Lutero fez algum bem para a Igreja, pelo menos um bem relativo.
 
    2- que a senhora admite que, de fato, há erros nos livrecos de Padre Jonas Abib.
 
    3- que na RCC há pessoas — a senhora é uma delas — que consideram que “Então é sempre necessário que algo de ruim ou diferente aconteça para que a igreja se renove pra melhor”.
 
    4- a de que há pessoa na RCC — a senhora mesma — que considera que o Vaticano II renovou Trento.
 
    Eis sua frase 
“vcs continuam no passado, no concílio de trento, que foi renovado com o concílio II”.
(A senhora pulou a palavra Vaticano que foi o único Concílio, após o de Trento com o numero II)
    Devo entender que a senhora quis dizer que o Vaticano II foi contra o que ensinou infalivelmente o Concílio de Trento?
 
    A senhora apoda de trentistas os que — como os da Montfort — se apegam à doutrina que a Igreja proclamou como infalível em Trento, e os considera vivendo no “passado”.
 
    Agradeço-lhe estas confissões.
 
    E veja, minha senhora, que são ofendi de modo algum.
 
    Pelo contrário, foi a senhora que me apodou de “trentista” e vivendo no “passado”.
 
    Deus lhe pague pela honra que me deu.
 
    In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: A dona Amgela Rangel defende Padre Leo

Cartas: Defendendo a Toca de Assis 2 - Orlando Fedeli

Cartas: Em defesa da identidade católica, contra a RCC - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais