Montfort Associação Cultural

29 de janeiro de 2013

Download PDF

Dom Tomé: “Há uma crise na transmissão da fé às novas gerações”


No convite para a comemoração dos oitenta e quatro anos da criação de sua Diocese de São José de Rio Preto, Dom Tomé Ferreira da Silva, sem deixar de notar “nuvens escuras de tempestade” “sobre o mundo e a Igreja”, faz um vibrante apelo em favor da “transmissão da fé às novas gerações”. Possam os católicos de São José de Rio Preto – beneficiados tão prontamente com a concessão de uma igreja e horário para a celebração regular da Missa Tridentina – acorrer “sem lentidão” a seu chamado.

Fonte:  Dom Tomé 

Nuvens escuras pairam sobre nossa realidade anunciando tempestade no mundo e na Igreja, que pode trazer males irreparáveis. Há uma crise na transmissão da fé às novas gerações, o que gera uma demanda missionária urgente que contrasta com nossa lentidão em abraçá-la.

O futuro da fé e da Igreja depende do modo como vivemos e assumimos hoje a nossa missão. Não por acaso Jesus Cristo pergunta: “Mas o Filho do Homem, quando vier, será que vai encontrar fé sobre a terra?”(Lc 17, 18). As palavras de São Paulo soam grave para nós: “Pois, anunciar o evangelho não é para mim motivo de glória. É antes uma necessidade que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o evangelho!”( 1cor 9, 16).

O desejo de Nosso Senhor Jesus Cristo, expresso aos Apóstolos antes da sua ascensão, é claro e exigente para nós: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Aos que crerem será dado o poder de fazer milagres e expulsar demônios pelo poder do meu nome e falar novas línguas; se pegarem em cobras e ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; e, quando puserem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados”(Mc 16, 15-18).

“A esperança é para nós qual âncora da vida, segura e firme”(Hb 6,19). A celebração na fé dos oitenta e cinco anos de nossa Diocese de São José do Rio Preto é expressão de esperança: vamos realizar o desejo de Nosso Senhor Jesus Cristo, fazer com que a salvação chegue a todas as pessoas do nosso tempo e do futuro. Vamos despertar nas pessoas, através do anúncio do Evangelho, a paixão por Nosso Senhor Jesus Cristo, a consciência de serem pecadoras, estimulando a todos a empreenderem o caminho da conversão e da volta para a Igreja, a nossa casa, a casa que Deus deixou para nós.

Celebrando a Santa Missa na Catedral de São José, no dia 25 de janeiro, às vinte horas, acolham meu abraço de gratidão e humildes preces, que brotam do coração de um pecador que continuamente busca a conversão, e a bênção de Deus, sempre pródiga e eficaz, ilumine a sua e a nossa vida. Somos a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo! Somos o Povo de Deus! Somos membros do Corpo Místico de Nosso Senhor Jesus Cristo!

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto, SP.

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais