Montfort Associação Cultural

29 de janeiro de 2008

Download PDF

Discordância na Escritura: "ouviam a voz" (Atos, IX, 7) e "não ouviram a voz que falava" (Atos XXII, 9)

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Willame Ferreira
  • Localizaçao: João Pessoa – PB – Brasil
  • Religião: Católica

No Atos dos Apostolos 9,7 diz que os homens que acompanhavam Saulo na viagem para Damasco ouviam a voz, mas não viam ninguém, já em Atos dos Apostolos 22,9 diz: …meus companheiros viram a luz, mas não ouviram a voz que falava.
Então de acordo com as duas passagens contraditorias, o que aconteceu?
Desde já obrigado pela atenção e aguardo anciosamente saber porque existe discordancia nas passagens.

Muito prezado William,
Salve Maria.

     Evidentemente, há uma contradição aparente entre as duas citaçõs. A primeira diz: “ouviam a voz” (Atos, IX,7), enquantro a segunda afirma: “não ouviram a voz que falava (Atos XXII, 9).
     Ora, a Sagrada Escritura não pode mentir. São Paulo não mentiu. Claro então que a solução está nos dois sentidos do verbo ouvir. Uma pessoa pode ouvir a voz de outra, mas não atender o que a pessoa diz. Os que estavam com São Paulo, ouviram a voz, mas não atenderam ao que ela falava, isto é, não se converteram.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Coerência da Pena de Morte - Orlando Fedeli

Cartas: Traição de Judas - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Hoje nasceu nosso Salvador

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais