Montfort Associação Cultural

6 de fevereiro de 2010

Download PDF

Devo pregar na RCC combatendo seus erros?

Autor: André Roncolato

  • Consulente: Samuel Rodrigues
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Religião: Católica

Caríssimo Sr. Orlando Fedeli,
Salve Maria Imaculada!

Gostaria de primeiramente parabenizá-lo por todo o empenho do senhor e de toda a Monfort
na defesa da Fé Católica.

Participei da RCC por alguns anos. Dentro da RCC conheci algumas pessoas
profundamente fiéis a Igreja, que muitas vezes buscavam corrigir os erros da própria RCC através de suas pregações e ensinos.

Porém também presenciei muitos absurdos, frutos de uma péssima formação católica, e de influências claríssimas de protestantismo, além de abusos grosseiros na Santa Missa, e posso sem dúvida nenhuma dizer que isto infelizmente acontece em grande parte dos casos.

Minhas perguntas são: Eu tenho um grande desejo de ser um pregador da Igreja. Isto é possível?
Enquanto leigo posso pregar? Eu, gostaria de pregar a verdade da Igreja, a Doutrina Católica, a
devoção à Santíssima Virgem, o Santo Rosário, pregar sobre o Santo Sacrifício da Missa, sobre a Presença Real do Senhor no Santíssimo Sacramento, denunciar os erros, exortar…

Dentro da RCC sei que há possibilidade de um leigo pregar, pois já fazia isto. Pergunto-lhe então: o senhor pensa que seria uma contribuição para a fé, ainda que por isso eu seja perseguido, pregar dentro da RCC a Doutrina Católica e combater os erros denunciando-os? Pensa que se poderia com isso, pela graça de Deus conseguir o feliz êxito de que estas pessoas que lá se encontram, manifestando sede de Deus, sejam corretamente formadas e levadas a abandonar os erros de influência ou essência protestante, podendo este grupo vir a se tranformar em um autêntico grupo de oração católico, onde se reze o rosário, onde se adore o Santíssimo Sacramento, onde se encontre o sólido alimento da doutrina católica em oposição à superficialidade e sentimentalismo
protestante?

Claro que não falo de uma forma inocente, como quem desejasse ser uma espécie de salvador da RCC, mas o que gostaria mesmo de saber é se o senhor pensa, que havendo pregadores de correta formação, que denuncie os erros e anuncie a verdade dentro mesmo da RCC, pagando o preço da perseguição, poderia se contribuir para a Fé Católica? Porque as vezes penso que se me recusasse
a pregar lá, se é que me é lícito como leigo pregar, estaria sendo omisso, simplesmente “lavando as mãos” diante dos inúmeros erros que lá vejo.

Agradeço desde já, e desejo que o Senhor por intercessão da Santíssima Virgem Maria lhe conceda
cada dia mais coragem e fortaleza para defender a fé e a Santa Igreja Católica!

Samuel Rodrigues

Prezado Samuel, salve Maria!
 
     O termo “pregação” não é um termo conveniente para um leigo, pois essa função – a de pregador - é própria do estado clerical, ou de quem possui mandato ou jurisdição para tanto. Malditamente, essa terminologia se espalhou feito erva daninha - a princípio pelos protestantes que se arrogam ilicitamente os poderes dados somente à Igreja Católica, por Nosso Senhor - e, depois, como conseqüência natural, nos meios católicos por meio da irracional e protestantóide RCC e suas infinitas secretarias, que mais parecem comissões governamentais de jardinagem. Hoje esse termo é utilizado cansativamente nas sacristias infestadas de gerentes e pastorais.
     Um leigo pode e deve fazer apostolado, isto é, praticar caridade espiritual e material repetindo o que a Igreja Católica ensina através de seu Magistério, trazendo, assim, algum amigo para Deus. Porém, para se fazer um apostolado que se aproveite, é necessário rezar e estudar a doutrina católica; amar a Verdade e sofrer por ela.
     Você nos pergunta se seria lícito permanecer na RCC e combater contra ela. Respondo que não. Pois, mesmo que se queira atingir um fim justo, não se pode empregar meios contraditórios. Não é conveniente, nem prudente permanecer amigado a um meio que você combate. Seria uma contradição flagrante. E depois, em se ficar em meios sentimentais como os da RCC, acaba-se influenciando com muitos erros e modos ruins, os quais não se pode tolerar.
     Da RCC liberanos Domini!     
     Comece seu apostolado compreendendo os terríveis erros da RCC e seus efeitos nefastos para a Fé Católica e se apartando de seus grupos e reuniões. Explique com caridade, a quem lhe questionar, o que subjaz à doutrina carismática e porque ela é tão maléfica para as almas.
     
Que Deus o ajude e escreva-nos quando quiser.
 
 
André Roncolato Siano

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais