Montfort Associação Cultural

6 de janeiro de 2005

Download PDF

D. Hélder Câmara

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Tiago
  • Idade: 18
  • Localizaçao: Fortaleza – CE – Brasil

“Se eu dou comida aos pobres, eles me chamam de santo. Se eu pergunto porque os pobres não têm comida, eles me chamam de comunista.”

D. Hélder Câmara

Gostaria de saber o que vocês pensam sobres D. Hélder, essa figura tão importante do nosso país e goza de grande estima diante de Jão Paulo II, e pelo que consta ele sempre teve uma tendência esquerdista.

Muito prezado Tiago, salve Maria!

Dom Hélder nem sempre foi “vermelho”. Consta que quando ele se ordenou, ele fez questão de colocar sob a batina a camisa verde dos fascistas tupiniquins, a camisa verde do integralismo.

Depois, com a queda do nazismo, do fascismo e do integralismo, Dom Hélder trocou de camisa. E jurou o pacto das catacumbas defendendo a Igreja pobre, a mesma igreja pobre dos gibelinos, dos cátaros, e da Teologia da Libertação.

E se alguém chamava Dom Hélder de comunista não era porque ele dava comida aos pobres. Há muita gente que dá comida aos pobres e não é comunista. Dom Hélder era considerado “vermelho comunista” por sua crítica venenosa contra o direito de propriedade, e por sua defesa velada do comunismo e explícita do socialismo.

Ora, Pio XI escreveu: “Católico e socialista são termos antitéticos.(…) Socialismo religioso, socialismo cristão são termos contraditórios. Ninguém pode ser, ao mesmo tempo, bom católico e verdadeiro socialista” (Pio XI, Quadragesimo Anno, Denzinger, 2770, o negrito é meu).

Dom Hélder Câmara foi verdadeiro socialista.

Logo, não foi bom católico.

Pax mortuis!

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Adão e Eva, o pecado original e o dilúvio - Orlando Fedeli

Cartas: Hino da Campanha da Fraternidade 2008 - Orlando Fedeli

Cartas: Contradição em Deus

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais