Montfort Associação Cultural

6 de outubro de 2008

Download PDF

Cristianismo em Roma

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Higor Ribeiro da Costa
  • Localizaçao: Conde – PB – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Profissão: Coroinha
  • Religião: Católica

Prezados amigos e irmão em Cristo da Associação Cultural Montfort
Ave Maria !

Minhas congratulações à Associação Cultural Montfort, que se empenha cada vez mais a defender a “Unam Sanctam Cathólicam et Apostolicam Ecclésiam” citada no Credo de Nicena, e também defendendo o Ssmo. nome de D.N. Iesu Christo, e em favor da Sancta Missa de sempre (tenho um Missal de Pii V, e do Beatii Ioannem XXIII — infelizmente em pdf) e ao Concílio de Trento, em particular ao — que me atrevo a chamar (se me permite, é claro) — meu querido (e espero amigo) Prof. Dr. Orlando Fedelli, que a Graça de Deus continue vos iluminando nos caminhos da verdade e da justiça.

Bem, tenho uma certa dúvida, sobre as origens do Cristianismo, em especial, na Roma Antiga, o Cristianismo nos seus primórdios. Gostaria de saber como se deram as perseguições, a ascenção do Cristianismo através do Imperador Constantino, a ida dos Apostolos S. Pedro e S. Paulo a Roma (coisa que foi negada pelo meu professor de história: “diz-se que Pedro esteve em Roma, porque, o Império Romano se estendia por todo o Oriente Médio, dizendo-se então que a Judéia e a Galiléia, eram consideradas como sendo a cidade de Roma”, e em outra tese furada, dizendo que “a Bíblia Sagrada foi escrita originalmente em Latim, pois era a língua dominante em Israel, pois naquele momento, aquele mesmo Estado estava dominado pelo Império Romano[...]“, o que prova a sua falta de conhecimentos, e que dá gosto aos protestantes com quem sou obrigado a estudar, pois o mesmo professor se diz Católico (…).
Irei aproveitar a ocasião de um trabalho que devo apresentar na próxima semana, para tentar desarmar muitos protestantes (os quais se dizem “salvos” em suas seitas nessa enorme babel bíblica que o Prof. Dr. Orlando Fedelli cita [...duvido muito]), falando a verdade, assim glorificando o nome de Deus na sua Sancta Ecclesia, por esse motivo venho pedir o auxílio da Associação Cultural Montfort, pois é uma das poucas fontes realmente verídicas em que eu confio.

Esperando não ter causado nenhum incomodo, despeço-me.

Pax Domini sit semper tecum!
Higor R. Costa
Paróquia Nossa Senhora da Conceição
Conde, XXIX – SEPTEMBRIS – MMVIII
Dedicatione S. Michaelis Archangeli

Muito prezado Higor,
Salve Maria.

     Meu caro amigo. 
     Parabéns por ter essa preocupação em defender a verdade católica contra os hreges e contra esse pobre professor ignorante.
     Qualquer livro mais sério de história comprova que São Pedro esteve em Roma. Ainda há poucos anos, foi descoberto o túmulo desse Apóstolo e primeiro Papa nas criptas do Vaticano. Lá foi encontrado o túmulo com a inscrição em sua lápide: “Pedro está aqui”.
     Caso você vá um dia a Roma, não deixe de visitar a prisão Mamertina, onde São Pedro e São Paulo ficaram presos. É uma prisão cavada no rochedo do Capitólio. Na parede, ao lado de uma escada de pedra, está gravada a face de Pedro em baixo relevo, pois quando um dos guardas o empurrou, São Pedro bateu com o rosto na parede de pedra, ficando lá gravada a imagem de sua face. E na masmorra, na pedra, nasceu milagrosamente uma fonte, no seio da rocha, cuja água foi usada por São Pedro e São Paulo para batizar os soldados que os guardavam (São Processo e São Martiniano). 
     E dizer que a Bíblia foi escrita em latim é uma prova de ignorância tal, que esse pobre professor mereceria receber o prêmio nobel de ignorância histórica.
     Coitadinho!…

     Que Deus o ajude meu caro Higor em seu combate. Tenha confinaça. Cristo venceu o mundo.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Rumo a Lepanto - Orlando Fedeli

Cartas: Guerras Médicas - José Tadelle

Vídeos: Carta Encíclica Spe Salvi do Santo Padre Bento XVI (Professor Alberto Zucchi) – MONTFORT

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais