Montfort Associação Cultural

1 de dezembro de 2004

Download PDF

Coroação de Maria

  • Consulente: Carlos Roberto
  • Idade: 15
  • Localizaçao: Martinópolis – SP – Brasil
  • Escolaridade: 1.o grau incompleto
  • Profissão: Estudante
  • Religião: Católica

Sou devotíssimo de MARIA SANTÍSSIMA, mas um fato de sua vida ainda está obscuro na minha
fé: Maria foi ou não Coroada como RAINHA DO CÉU E DA TERRA? Se a resposta for sim, como
suponho; onde posso encontrar provas disto na Sagrada Escritura? Gostaria de saber também
por que Jesus, meu Deus, chamava sua mãe de “mulher” e não “mãe”?
Agradeço o site que me ajudou muito no combate as heresias dos protestantes; que MARIA,
minha e nossa MÃE, interceda pelo senhor e por todos nós. (mande a resposta por e-mail e publique no site)

Carlos

Muito prezado Carlos, salve Maria.

    Maria foi coroada como Rainha do Céu e da Terra, conforme diz a Tradição da Igreja Católica. Nem tudo o que Nosso Senhor fez e que é relevante no plano de salvação de Deus está escrito na Bíblia, como o próprio apóstolo São João escreveu no seu evangelho: “Muitas coisas há que fez Jesus, as quais, se se escrevessem uma por uma, creio que nem no mundo todo poderiam caber os livros que seria preciso escrever”.

    Sagrada Escritura e Tradição Apostólica constituem as duas fontes de Revelação da qual a Igreja é a Guardiã.

    Ora, Jesus se auto-entitulava o Filho do Homem, e Pilatos disse dele, “eis o Homem”. Porque Homem com H maiúsculo? Porque Jesus possui a natureza humana sem a corrupção do pecado. Assim sendo, além de ser Deus, é Homem perfeito, o Homem que nos resgata do pecado, pecado que entrou no mundo por intermédio de Adão, o único outro homem concebido sem pecado.

    Da mesma forma que Adão, anteriormente à Cristo, era o Homem por excelência, ou seja, criado sem a mancha do pecado, mas que caiu posteriormente, Eva também foi concebida sem pecado, tendo caido até antes de Adão, ao ceder a tentação do demônio.

    Ora, se por meio de Eva, a Mulher, Adão nasceu para o pecado, Jesus Cristo, o novo Adão, Homem, nasceu de Maria Virgem, a Mulher, ela também preservada da mácula do pecado original na sua concepção. Pois como teria dito Nosso Senhor: “Não se coloca vinho novo em odres velhos”. Ou seja, Maria é o vaso perfeitíssimo, sem pecados, que teve a honra de guardar, nutrir e desenvolver o Homem Deus, que não poderia, por causa de sua dignidade, ser gestado em um recipiente imperfeito, ou seja, no ventre de uma mulher que tivesse o menor resquício do pecado original, que é a condição natural de todos os homens.

    Nosso Senhor, portanto, ao se referir a Maria como mulher, não a despreza, mas a dignifica, identificando-a com a mulher por excêlencia, que esmaga a cabeça da serpente, aquela que derrota o demônio, em contraposição à Eva, que sucumbiu ante a tentação do demônio. Por isso é que no Genesis Deus diz à serpente: “Porei inimizade entre tí e a mulher, entre a tua posteridade e a posteridade dela. Ela te pisará a cabeça, e tu armarás traições ao seu calcanhar”.

    No apocalipse, São João tem uma visão fantástica de Nossa Senhora, em toda a sua majestade no céu: “Depois apareceu no céu um grande sinal: Uma mulher vestida de sol, e a lua debaixo de seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.”

    Espero desta forma ter esclarecido suas dúvidas.

Auxilium Christianorum, ora pro nobis.

Paulo Pedrosa

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais