Montfort Associação Cultural

20 de setembro de 2005

Download PDF

Contra o desarmamento

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Gustavo Henrique
  • Localizaçao: Timoteo – MG – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Religião: Católica

Prezado Orlando Fedeli, salve Maria!

Qual é o posicionamento oficial da Igreja em relação ao Desarmamento da sociedade que o governo quer implantar?

A CNBB é a favor…

Sem contar no imenso número de católicos, principalmente os carismáticos, que apelam para o sentimentalismo para defender o desarmamento.

você já viu o governo fazer uma campanha para desarmar os bandidos? Porque desarmar a sociedade se o Estado já deu provas suficientes de incompetência? Porque privar o cidadão da última possibilidade de defesa? Você não vê algo estranho nisso?

No coração de Jesus,
Gustavo Henrique

Muito prezado Gustavo Henrique,
salve Maria!
 
    Você tem toda a razão. Ainda ontem, li um artigo muito interessante sobre isso da Dra Denise Frossard, juíza e Deputada Federal. Ela expõe argumentos muito sérios contra o desarmamento, ao mesmo tempo em que mostra a mentira e a injustiça da campanha que nega o direito de legítma defesa reconhecida na Constituição.
    Sem deixar de lembrar que o governo comunista do PT tem interesse em desarmar o povo e permitir as invasões armadas do MST que está desencadeando já uma verdadeira guerra civil no campo.
    Somos contra o desarmamneto como está sendo proposto pelo governo bolchevista do José Dirceu e do PT (o Lula não governa nada. Já é agora uma marionete da qual cortaram os barbantes de comando).
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Liberdade de expressão – desde que não seja contra o PT - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: Abortista militante irlandês condenado por receptação de pornografia infantil

Artigos Montfort: De Aquiles a Boy George - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais