Montfort Associação Cultural

1 de setembro de 2004

Download PDF

Como ter uma vida mais santa e cheia de luz

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Marcus Aurelio
  • Idade: 19
  • Localizaçao: PA – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Religião: Católica

Eu faço parte da RCC, pelo meu grupo de jovem(AJA), e tenho buscado cada vez mais viver segundo o espirito santo.Mais é díficil, eu sempre caio.Só q a vontade de querer liderar o meu grupo e qualquer movimento da Rcc é grande,mas não me sinto capacitado.Fico triste quando estou,por exemplo na faculdade, e meus comportamento não são carismático. Eu acho q preciso de formação, como consequir?

Muito prezado Marcus,
salve Maria!
 
    Louvo muito sua sinceridade e sua vontade de ser um católico mais coerente.
    A causa de suas falhas é que a RCC não dá uma formação doutrinária nem correta, nem coerente. A RCC procura arrastar as pessoas pela emoção, pelas sensações. Ora, o homem é um ser racional, e, exatamente por isso, ele se move apenas por princípios, por idéias.
    Em termos católicos, isso significa que somente a Fé — que é uma virtude intelectual — nos move a amar e a servir a Deus com coerência. E a coerência também é um valor do intelecto. Para a RCC vale a experiência, e a Fé não é uma experiência. Quem afirma que a Fé é uma experiência com Jesus, ou com Deus,  é a heresia modernista.
    As emoções variam de grau. Quem se move só por emoções, naturalmente tem variações de comportamento: quando está emocionado, age; quando as emoções passam, perde a força e a vontade de atuar como um católico deve sempre agir. E o agir por agir não é coisa católica. Aja sempre com base em princípios e na Fé.
    Ao contrário das emoções, os princípios jamais mudam, e nos dão uma base firme que nos permite manter nossa coerência de vida.
    Recomendo-lhe, então, que você procure estudar seriamente a doutrina católica. Adquira o Catecismo do Concílio de Trento, que dá explicações bem claras e profundas da doutrina católica. Isso lhe dará coerência de vida.
 
    Entretanto, há um outro ponto fundamental.
    Nosso Senhor disse que nada podemos fazer sem Ele. Isto significa que, sem a graça de Deus nada podemos realizar. Todo estudo é nulo e estéril se não for acompanhado pela oração, rogando a Deus que nos assista com a sua graça.
    A oração, nos disse Santo Afonso de Ligório, é o grande meio de salvação (recomendo que você leia exatamente o livro desse santo que tem por título A Oração, grande meio de salvação).
    Quem reza se salva, quem não reza se perde, afirma esse grande santo.
    E na maneira de rezar está outro grave erro da RCC, que só busca manifestações emotivas na Missa e nas orações.
    Para combater esse emocionalismo do carismatismo — que é de origem protestante e pentecostal herético — recomendo-lhe que reze o terço todos os dias, e que você procure ler e meditar o livro de Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola. Isso colocará lógica em suas orações.
    Procure comungar freqüentemente, e após a comunhão, converse com Nosso Senhor evitando emoções, mas sem forçar. Fale com Nosso Senhor, expondo seus erros, e pedindo perdão, virtude e lógica.
    Procure ter uma devoção varonil. Para isso, leia o excelente livro de São Luís de Montfort: Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem. Leia-o, e estude-o com cuidado e atenção.
    Tendo alguma dúvida, escreva-me logo que precisar. Estou à sua disposição.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Retiro da RCC - Orlando Fedeli

Cartas: Padre Jonas Abib e a certeza de salvação - Orlando Fedeli

Cartas: Repúdio a RCC e apoio irrestrito a Montfort! - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais