Montfort Associação Cultural

28 de março de 2006

Download PDF

Como é estudada a história?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Daniel Pinto
  • Idade: 26
  • Localizaçao: Goiânia – GO – Brasil
  • Religião: Católica

Caros Irmãos, gostaria de tirar algumas dúvidas em relação a história, pois sei que o prof. Orlando é conhecedor da história.

1-Gostaria de saber como é estudada a história e o que prova que determinado fato aconteceu mesmo?

2-São os documentos históricos que comprova a história?

3- Há outros meios de se estudar a história, sem ser através de documentos?

4-Há um estudo que analisa se os documentos são verdadeiros ou falsos?

Desculpe-me por fazer várias perguntas, pois há professores que dizem, que os documentos históricos, foram escritos de acordo com os interesses pessoais, políticos e religiosos de quem os escreveram.
Muitos acusam a Igreja de manipular documentos a seu favor.
Ex: Sobre a inquisição, as cruzadas.
Por favor, me esclareça, como se faz uma análise da história?

Obrigado e que Deus abençõe!!!

Muito prezado  Daniel,
Salve Maria.
 
    Estuda-se História, como se estuda qualquer ciência, partindo de princípios filosóficos. O objeto da História é o conhecimento dos fatos e o de suas causas e conseqüências. Os fatos históricos são estudados através de fontes, isto é, de todo tipo de documento: papiros, pergaminhos, cartas, livros, diários, registros, tradições orais, obras de arte, etc.
    Essas fontes devem ser analisadas para verificar se são autênticas e verazes. Um documento pode ser autêntico, mas pode conter uma falsidade.
    Para o exame científico das fontes da História, utilizam-se dos recursos mais variados; linguísticos, lógicos, químicos, ortográficos, de estilo, etc. 
    Um professor de História que diga que os documentos nada comprovam, pois podem ter sido escritos por interesses pessoais, políticos, econômicos, não poderia dar aulas, pois seu diploma também é um documento histórico e poderia ter sido falsificado por interesse econômico ou político.
    Essa alegação desses professores é uma tolice auto destrutiva.
    Você me conta outra tolice desses professores: que a Igreja manipulou os documentos históricos a seu favor.
    Por que não se perguntam eles se as acusações feitas contra a Igreja — e que eles decoram sem analisar e sem pestanejar como sapos engolem mosquitos — não teriam sido manipuladas?

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais