Montfort Associação Cultural

12 de janeiro de 2005

Download PDF

CNBB

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Alisson
  • Idade: 19
  • Localizaçao: São Paulo – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

olá professor Orlando. eu gostaria de saber, se a CNBB (Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil) tem alguma força canonica dentro da Igreja. Pois esta mesma CNBB, divulga os seus famosos Documentos e eu não sei até que ponto, estes documentos tem força canonica pra impor algo aos catolicos do Brasil.

E também, já aproveitando, eu gostaria que você fizesse um comentárioa respeito de um dos documentos da CNBB: “Diretrizes gerais da Ação evangelizadora da Igreja no Brasil – Doc. 71 – Principalemnte quando o documento cita em alguns paragrafos uma certa imposição por parte dos bispos de se aderir à politica, sendo que na minha opinião, com as declarações do atual Presidente da CNBB à respeito da teologia da Libertação acaba caindo em contradição com estes paragrafos.

Sem mais e espero respostas

Muito prezado Alisson, salve Maria!

Nosso Senhor Jesus Cristo instituiu a Igreja com Papa, Bispos e Padres. O Papa é o supremo pastor da Igreja, com jurisdição universal. A ele cabe o supremo poder de ensinar, governar, e julgar, e por ninguém pode ser julgado.

Os Bispos são sucessores dos Apóstolos e governam as dioceses. Os sacerdotes são vigários dos Bispos e regem as paróquias sob a jurisdição direta do Bispo.

No século XX, organizaram-se, principalmente depois do Vaticano II, Conferências Episcopais de caráter nacional, tendo uma direção eleita. Essas Conferências não têm poder de impor qualquer coisa aos Bispos, em suas dioceses, pois não são organismos de origem divina, não foram instituídas por Nosso Senhor Jesus Cristo. Deste modo, os Bispos não são obrigados a seguir, em suas dioceses, o que determina uma Conferência nacional de Bispos. Seguem a sua orientação se quiserem.

No Brasil a CNBB, desde a sua fundação, esteve dominada pela ala Modernista e marxista do Clero. Ainda recentemente, Dom Castagno, Bispo de Jundiaí, publicou uma declaração, acusando a cúpula da CNBB de estar dominada por um grupelho de Bispos marxistas.

A atuação da CNBB tem sido lamentável. Ela mais se preocupa em secundar uma política socializante e comunistizante do que com a Fé, do que com a situação moral do povo brasileiro. Das assembléias da CNBB nascem documentos prolixos, num jargão sócio-econômico clericalês, que ninguém lê. A CNBB trata de tudo, menos do que deveria tratar. Por isso ela é tida mais como um órgão político de apoio aos partidos socialistas do que como um órgão religioso. É da Pastoral da Terra — órgão da CNBB — que saem todos os apoios políticos e financeiros aos Movimentos comunistizantes, como o MST, que preparam a guerra civil, agindo com violência, em nome do “amor” e da “justiça social”.

In Corde Jesu, semper

Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Acólito

Cartas: Padre amigo ajuda a desarmar arapuca de Padre Joãozinho contra a Montfort - Orlando Fedeli

Cartas: Os papas e a inquisição - Laura Palma

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais