Montfort Associação Cultural

7 de janeiro de 2005

Download PDF

Ciúmes no casamento

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Hermilson
  • Localizaçao: Limoeiro do Norte – CE – Brasil

Por favor Sr.Montfort, responda-me o PORQUE DA EXISTENCIA DE UM SENTIMENTO CHAMADO CIÚME, EM UM RELACIONAMENTO O QUAL AMBAS ÀS PARTES CONFIAM,COMPREENDE SE AMAM MUITO, MUITO…, MESMO ASSIM SURGE O CIÚME,EM FIM AMBOS SOFREM JUNTOS.

Prezado Hermilson, Salve Maria.

O ciúme, é claro, provém de uma falta de confiança. Seus efeitos são péssimos. Ele não só faz crescer a desconfiança entre os esposos, como também desperta a malícia no cônjuge. Por essa razão, diz bem a Sagrada Escritura no livro do Eclesiástico: “Não sejas ciumento de tua esposa, para que ela não empregue contra ti a malícia que lhe ensinaste” (Eclesi. IX, 1).

Que significa isto? Significa que, quando alguém, por ciúme, levanta a hipótese de que alguém está interessado em seu cônjuge, apenas chama a sua atenção para uma tentação, e o que não existia pode passar a existir como tentação.

Daí se entende que o ciúme, muitas vezes, pode ser insinuado pelo demônio, como tentação para desunir um casal. Por isso, quando um casal se entende muito bem, é preciso abafar toda a tentação de ciúme e compreender que ela pode ser uma tentação do demônio para tirar a paz e desunir.

A oração é o grande meio para vencer esses problemas. Sempre reze por sua esposa, e peça a Nosso Senhor que os mantenha bem unidos em seu Sagrado Coração.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Vídeos: Roupas e moda: o que a Igreja tem a ver com isso? - Ivone Fedeli

Artigos Montfort: Ação de inconstitucionalidade: morte de embriões humanos

Notícias e Atualidades: Gestante delata clínica de aborto

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais