Montfort Associação Cultural

27 de dezembro de 2010

Download PDF

Chê Guevara humanista?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Antonio Soares
  • Localizaçao: Salvador – BA – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Publicitário
  • Religião: Católica

Caro Doutor Orlando

Não sei se é o senhor quem faz a manutenção do seu Site, mas gostaria como admirador dele e tambem como Catolico praticante, ressaltar alguns problemas graves que encontrei.

Minha filha tem 17 anos, é muito inteligente e venho a muito tempo tentando mostrar para ela os beneficios da igreja para os seres humanos. por isso este é um dos sites com o qual eu me munia de ferramentas para concluir essa dificil missão, pois nos dias de hoje existe sim um distanciamento da grande maioria dos jovens com a igreja, por diversos motivos que nao vale apena ressaltar aqui.
No entanto minha filha e suas amigas são um caso a parte, pois realmente sao bastante informadas.
e elas vem me comentando sobre suas fortes opniões sobre Guevara.

Não estou com muito tempo para escrever, por isso serei bem direto, e rapido.

Não acho que o senhor deva entrar em considerações politicas sobre o socialismo, muito menos sobre as suas raizes na America Latina, pois esse é um assunto muito complexo que envolve muitos tipos diferentes de sentimentos, de todas as partes.

A forma grosserira com que o senhor defende a tese de que Eenesto Guevara, ” é um terrorista ` é realmente o ponto fraco do seu site, nao só pela paixão que o senhor argumenta com relação ao tema, levando muitas vezes para o lado pessoal um assunto que deveria ser mostrado de forma tecnica e imparcial, mas principalmente pelo desprezo com que você descreve o personagem em questão, fugindo da tematica catolica, e de sua abordagem branda e serena do fatos historicos.
Criando por tanto uma abordagem pessoal e nao mais de nós catolicos. que defendemos o amor ao proximo, e a toleracia , tanto politica como religiosa.

Com relação ao personagem Che Guevara é necessario que se analize com algum distanciamento,
e de forma mais inteligente para que possamos trazer os jovens para o nosso lado, o lado da igreja que como eu, o senhor tanto preza. Pois se continuar-mos agindo de forma incoerente e principalmente desproporcional, estaremos entregando os nossos jovens a outras ideologias e religiões.

O que os jovens admiram em guevara é justamente o seu lado humanista, os jovens conhecem o guevara que esta estampado nas camisas, nao o da historia a qual nos fazemos parte.
Por isso peço encarecidamnte que o senhor aprofunde as sua maneira de impor sua opnião sem ser rude nem vulgar, para que eu possa continuar indicando e participando do seu site.

Peço desculpa antecipadamente, pela maneira direta que lhe escrevo.
como lhe disse, estou muito ocupado, mas vai ai minha opnião.
espero que seja tão respeitada como a sua, afinal somos catolicos.
e que possamos debater no futuro de forma equilibrada sobre diversos temas.
afinal somos nos os receptores que fazemos o que voce escreve ter sentido.

Depois vou escrever com mais tempo, para que possa argumentar com voce com mais propiedade.
abrcs

Antonio Soares

Data: 6 Abril 2007


 
Muito prezado Antônio,
Salve Maria.
 
     Não, graças a Deus, não sou eu que faço a manutenção e a organização do site Montfort.
     Nem tenho tempo de entrar no site Montfort. E nos outros sites, nem sei entrar.   
     O senhor não imagina quanto me embaraço para digitar com dois dedos minhas pobres cartas.
     Nada entendo de informática, e tremo quando o computador me incriminaa, acusando-me de ter cometido um “erro fatal”, uma “falha irrecuperável”, um pecado mortal eletrônico, e que, por isso, ele me declara que está de mal comigo e que vai fechar todos os programas.
     Fica, então, tudo azul na tela. O que para mim significa que ficou tudo negro, e que preciso recomeçar a carta que estava escrevendo, desde o começo, de novo.
     Ái de mim!
     
     Na verdade, o senhor não critica problemas do site. O senhor, que se confessa um leitor do site e que diz ter até uma certa admiração por ele, critica quer a doutrina anti comunista do site Montfort, quer, e mais ainda, o modo de combater do site Montfort. Porque nosso ensinamento é um combate na qual usamos a espada de dois gumes da palavra de Deus, conforme ensina São Paulo.
     E saiba, meu muito caro leitor, que não imponho minha opinião.

     Opinião é palpite de “intelectual” em rodinhas de cerveja, ou em mesa redonda da TV, para basbaques ouvirem.
     Procuro ensinar, não a minha opinião — que não vale nada — e sim a Doutrica Católica, que é a Verdade.
     Eu é que lhe  “Peço desculpa antecipadamente, pela maneira direta que lhe escrevo”. Mas, não busco admiradores de meu estilo ou de minha pessoa. Procuro convencer meus leitores de que só a Igreja Católica tem a Verdade. E o imenso número de leitores do site Montfort comprova que o estilo direto e franco atrai especialmente os jovens.  

 
     Vamos, então, à crítica de suas críticas. Porque somente as boas contas fazem bons amigos.
     Viso corrigi-lo, para que nos entendamos. Viso que nos entendamos, para que fique claro que só interessa a defesa da Fé.
     
     Quanto ao terrorista, comunista e assassino Guevara, que os teólogos da libertação (ou melhor, os sofistas hereges da escravidão stalinista) e a Mídia transformaram de hippie assassino em ersatz de Jesus Cristo, recomendo-lhe que leia a biografia dele escrita por um comunista admirador dele, Reginaldo Ustariz Arce. Cujo livro, que é prefaciado por Frei Betto, muito mal escrito, mas insuspeito, se intitula Che Guevara: vida, morte e ressurreição de um mito.
 
     O socialismo é anti católico. Pio XI declarou que ninguém pode ser católico e socialista, ao mesmo tempo. Ser socialista é odiar a Deus (peço que leia meu trabalho Desiguladade e Igualdade de Direitos- Considerações sobre um mito, onde provo isso).
 
     É essa a oposição entre catolicismo e socialismo.
     E a atuação da revolução marxista na América Latina, e em todo o mundo, nada tem a ver com “sentimentos”.
     Essa é uma questão doutrinária, não sentimental.
     Essa é uma questão de História e de Teologia da História.
   
     O Catolicismo não defende a “tolerância“.
     E que me vem o senhor, meu caro leitor, me falar de tolerãncia e, ao mesmo tempo defender o Chê Guevara?
     Por acaso o senhor desconhece em que consiste a “tolerância” comuno-castrista?
     O Paredón e o Gulag são os monumemtos dessa “tolerância” comunista. 
   
     O senhor teme que meu estilo afaste os jovens.
     Sua preocupação é aparentemente caridosa e certamente amiga preocupada do site Montfort.
     Mas ela não tem fundamento.
     Ocorre o oposto. Meus alunos são em geral bem jovens. Os jovens formam a grande massa dos membros e dos amigos da Montfort, porque a juventude foi feita para o heroísmo, não para o prazer. Não para a falsa tolerância anti católica, e tão contrária ao exemplo de Jesus Cristo. Por toda parte onde dou palestars — e foi assim em toda a minha vida — os jovens se entusiasmam com as palavras do simples professor secundário de História que sou. Porque não lisonjeio os jovens. Exijo deles humildade para renunciar às próprias opiniões, pureza de intenção e de vida, coragem de mudar, conefssando os próprios pecados, confiança na misericórdia inifinita de Deus.
     A Verdade católica é luz que dá esperança à juventude.
     
     O site Montfort procura fazer brilhar claramente a luz da verdade católica, ensinada pelos Papas, assim como ser tocha ardente de amor que dá coragem de tomar posição firmemente. Sem tolerâncias covardes e sem cúmplices compromissos mascarados sob a capa de falsa moderação. Falo-lhe assim, procurando fazer com que o senhor compreenda melhor o site que o senhor diz admirar. Falo-lhe assim tão francamente — sem acusá-lo pessoalmente — mas para convencê-lo a participar melhor da luta em defesa da Fé caólica.      
     Repito-lhe: somente as boas e francas contas fazem bons amigos. E quisera té-lo totalmente como amigo, compreendendo o que fazemos e como o fazemos.
 
     Por isso lhe digo francamente: os jovens que admiram Guevara são os que são enganados pela mídia e que são incapazes de raciocinar de per si. São os jovens-velhos, movidos a slogans, e que não pensam. São os que temem ficar sozinhos contra a maioria.
   
     Guevara humanista?
     E de onde tirou o senhor isso, meu caro preocupado leitor amigo, se não dos slogans da mídia e da propaganda marxista?
     O Marxismo é anti humanista porque recusa reconhecer que toda a grandeza do homem vem de ter sido criado à imagem de Deus, e que sua dignidade consiste em ter sido chamado a ser filho adotivo de Deus pelo Batismo.
     Como Guevara foi humanista, se ele era materialsita e, que, portanto, para ele, a diferença entre um homem e um animal, entre um homem e um porco, havia apenas em uma questão de etapa de evolução
       
     Por fim, meu caro Antonio, permita-me lembrar-lhe que São Paulo recomendou que atacássemos duramente os hereges e inimigos de Deus, dizendo a Tito:
 
Increpa illos dure” — “Reprende-os asperamente” (Epístola de São Paulo a Tito I, 13). Repreende asperamente os inimigos da Fé.
 
     É o que faz o site Montfort, sabendo o que todo caipira conhece: só estaca boa leva marretada. Só estaca boa aguenta marretada e fica firme. Estaca podre não aguenta marretada.
     Busco jovens fortes na alma, para fazê-los firmes defensores da Verdade, nesse mundo socialista que tem idolos como o assassino Guevara, Martin Luther king, John Lenon, Gandhi, Kennedys e quejandos “santos” da mídia.
 
     Espero que tenha compreendido melhor o que é e o que faz o site Montfort. E o que pretendemos fazer, claro, como nossas limitações e misérias pessoais inevitáveis. 
 
     Peço-lhe que reflita sobre o que lhe disse, e que reze por mim que lhe desejo, assim como à sua família, plenitude na Fé e uma santa Páscoa.
 
     Um abraço bem amigo. Querendo tê-lo como amigo, que pensa e quer as mesmas coisas.
 
In Corde Jaesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Estamos a caminho de uma revolução? - Orlando Fedeli

Cartas: Bobo da corte ateu

Cartas: Viva o Socialismo, instituído por Jesus Cristo! - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais