Montfort Associação Cultural

8 de novembro de 2004

Download PDF

Celulas Tronco Embrionárias e Aborto

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Angela
  • Idade: 30
  • Localizaçao: Cuiabá – MT – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído

Caros ajudantes, estou em conflito, porque vejo que nós estamos passando dias, dias e vendo as coisas erradas acontecerem e nós cristao nao estamos apostos para uma grande batalha pela verdade, Caro professor, sinto uma imensa dor no peite de pensar que as leis vao mudando e que nós vamos simplismente admitindo, fiquei sabendo que muitos países já sao a favor do aborto, e colocando na sociedade que o aborto é legal, vi muitas pessoas diserem a se a lei permite o abordo porque nao faze-lo, será professor que daqui algum tempo nós mesmos os catolicos nao seremos a favor do aborto, dando a ele teses, porque ser a favor????

isso só é o começo de todo o mal,

minha duvida sera que nós mal informados, vamor daqui a uns 100 anos, acreditar que fazer aborto é natural?? igual ao ponto que acreditamos que usar comprimido nao é pecado, se a medicina avançou para tal??/

outra pergunta qual é a ciencia verdadeira.

Muito prezada Angela,
Salve Maria!
 
    Compartilho inteiramente de sua dor. Por isso, a Montfort lançou um manifesto contra o uso de células tronco retiradas de embriões humanos, porque isso significa matar esses embriões.
 
    E SE A LEI PERMITIR ISSO, O ABORTO FICARIA INTRODUZIDO NO BRASIL.
 
    Já obtivemos 150.000 assinaturas contra esse projeto de lei.
 
    Ontem, o Papa João Paulo II fez um pronunciamento contra  a aprovação da lei de Bio Segurança brasileira que, de contrabando, pretendia permitir o uso de células tronco de embriões, causando a sua morte. Isso representou uma vitória da Montfort.
 
    Há muitos cientistas que combatem contra o aborto. Como prova, mando-lhe um pronunciamento da Doutora Alice Teixeira Ferreira contra um jornalista pouco experiente e pouco instruído (Leonardo Feder) que atacou nosso Manifesto pela Vida no jornal “O Estado de São Paulo” (07-11-2004).
 
    Escreveu Dra Alice a esse jornalista:

Caro Sr. Leonardo Feder,
O senhor desconhece o sentido do MANIFESTO PELA VIDA. Não acredito que o senhor tenha participado de alguma missa no dia de S. Judas pois os padres explicaram  muito bem do que se tratava. Existe um preconceito de sua parte presente em sua  carta à Igreja. Vejamos : 

- pesquiso células tronco adultas de medula óssea desde 1998 e sou consultora  científica do banco de cordão umbelical Hemocord do Rio Grande do Sul assim  sendo não somos contrários a utilização das células-tronco adultas na Medicina  Reparativa. Aliás esta vem dando resultados promissores desde 2001, aqui no  Brasil com o Dr. Radovan Borojevic ( com o qual tenho trabalhado em  colaboração), por exemplo.
- não existe no mundo nenhum resultado na Medicina Regenerativa utilizando  células-tronco embrionárias humanas de modo que não vejo porque você afirma que estamos tirando a vida futura sua e de seus filhos. Na verdade você está defendendo a morte de embriões humanos para nada. Você deveria se maravilhar de  ser resultado do desenvolvimento disto que você chama de um punhadinho de células ( você também foi um embrião humano, você resultou da fecundação do  óvulo da sua mãe pelo espermatozoide de seu pai dando um ovo que, para sua  sorte, ou não, desenvolveu bem dando origem à sua pessoa).

Os argumentos que estou lhe dando são fatos que você deve levar em conta antes de se deixar levar por uma propaganda enganosa de que você vai ter solução para  todas as doenças com as células arrancadas dos embriões humanos. Pelo  contrário, injeção destas células em roedores imunosuprimidos dá em 50% dos  casos tumores embrionários chamados de teratomas. Falei em imunosupressão pois  se você tentar injetar em humanos  haverá rejeição deste transplante devido à  histoincompatibilidade.
Para finalizar acredito que você deveria defender a Medicina Preventiva que é  muito mais barata que a Medicina Regenerativa. Por exemplo, é melhor você fazer  a sua higiene bucal do que querer substituir seus dentes detonados por dentes  produzidos com células-tronco embrionárias humanas. Ridículo, não?
 
Eu gostaria de saber o que tem levado voces da imprensa se convencerem de que  estão defendendo uma terapia correta? Poderia pelo menos responder isto? Qual  sua motivação?

 

Dra. Alice Teixeira Ferreira, uma dentre os autores do MANIFESTO PELA VIDA”




In corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais