Montfort Associação Cultural

2 de julho de 2013

Download PDF

Casal idoso se “eutanasia” na Bélgica. “Partiram juntos”. Para onde?

Fonte: Le blog de Jeanne Smits

e Huffington Post 

Com quase mil e quinhentos casos de eutanásia em 2012, a eutanásia já não é notícia na Bélgica. Agora, apenas casos mais “pitorescos” ganham espaço na mídia. Há uma semana, um “primeiro caso” chamou alguma atenção: foi um casal de idosos, casados há sessenta e quatro anos, que se recusaram a esperar que a morte chamasse um dos dois, esquecendo o outro… Leopold Dauwe, 90 anos, e sua esposa Paula Raman, 89 anos tinham problemas de saúde: ele era cardíaco, ela estava perdendo a visão e tinha uma doença pulmonar. Mas não eram doentes terminais. Viviam em um asilo de velhos.

O genro do casal explicou que suas dificuldades se agravariam e que “não havia nenhuma perspectiva de uma morte digna”, pelo que a família foi cem por cento favorável à “decisão”.

Paula era “profundamente religiosa” e contrária à  eutanásia. Depois mudou de ideia: “Ainda sou católica”, declarou a um jornal belga, “mas à minha maneira”.

“Juntos caminhamos. Juntos partimos”, foram os dizeres do comunicado de falecimento. Partiram para onde? Ninguém se colocou a pergunta!

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais