Montfort Associação Cultural

31 de janeiro de 2010

Download PDF

Carta de apoio à Montfort

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Sergio Luiz Tybor Ferraz de Camargo
  • Localizaçao: Guarujá – SP – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação incompleta
  • Profissão: Professor Universitário
  • Religião: Católica

Muito caro Prof. Orlando
Salve Maria, “Mãe do meu Senhor”.

Felicito-o verdadeiramente por sua declaração sobre Padre Joãozinho, na qual o senhor magistralmente expôs a doutrina subjacente ao Vaticano II, bem como refutou os erros nele presentes, baseado no genuíno ensinamento da Santa Igreja. Por favor, aceite minha solidariedade diante dos injustos e odiosos ataques que o senhor tem recebido. Lembre-se daquelas pálavras de Nosso Senhor, de que viriam tempos em que os ouvidos não mais suportariam a sâ doutrina! Pode estar certo, caro prof. Orlando, que sua maior recompensa não será nesta vida e sim na outra. “Serei eu mesmo vossa recompensa demasiadamente grande” – diz o nosso Salvador.
Que Nossa Senhora das Dores o abençoe copiosamente.
 
Sergio de Camargo

Muito prezado Professor Sérgio,
Salve Maria.
 
     Deus lhe pague por sua obra de misericórdia para comigo. Consolar os afligidos é obra de misericórdia bem alta.
     Digo-lhe com consolo: para um professor é algo bem confortante ter ao lado, dando apoio, um companheiro de profissão que compreende o quanto faz sofrer a ingratidão daqueles alunos a quem fizemos bem. E seu desejo manifestado com relação a mim não poderia ser mais santo.
     Um dia nos veremos, professor, junto ao Mestre por excelência, Nosso Senhor Jesus Cristo, nossa recompensa imensamente grande. 
     Deus lhe pague por suas palavras consoladoras e cheias de misericórdia.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Agradecimento - Orlando Fedeli

Cartas: Agradeço a Deus por me fazer conhecer a Montfort - Orlando Fedeli

Cartas: Não estamos sós - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais