Montfort Associação Cultural

22 de setembro de 2006

Download PDF

Carta aberta ao Prof. Felipe Aquino

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Fábio Luiz Dias Modesto
  • Localizaçao: Jaú – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

SALVE MARIA!

Caro Prof. Orlando,

Quem acessa o site da editora CLEOFAS, responsável pela publicação dos “livros” do Prof. Felipe Aquino, verá que foi excluído “misteriosamente” o seu artigo sobre o Instituto Bom Pastor.

Qual seria o motivo dessa sub-reptícia atitude?

Por que não se reatrata? Por que será que simplesmente finge que não é com ele?

Será que ele está seguindo o exemplo do chefe do PT, aquele que nunca viu nada, e nunca sabe de nada.

Não se surpreenda se o Prof. felipe vier a dizer que foi traido por um seu acessor que publicou o artigo sem ele saber, ou distorceu suas palavras e que o texto não exprime a sua opinião pessoal!

Tudo é possível.

Mudando de assunto, explicando em seu periódico televisivo a celebração da missa em lingua vulgar, o Prof. Felipe saiu com essa: “Quando a missa deixou de ser rezada em latim, uma senhora me disse: “Até que enfim Deus aprendeu a minha língua”". Rindo-se muito após essa pejorativa citação.

Que Deus o ilumine e reveja os seus posicionamentos.

PS. Há certo tempo fiz duas perguntas que até o momento não obtive resposta pelo Sr. Uma a respeito do estado de consciência dos apóstolos após o pentecostes e outra sobre a evolução e criação da alma. Gostaria que, se possível, o Sr. me enviasse resposta sobre essas questões.

Obrigado. Que Deus o abençoe e Nossa senhora o ilumine.

“CRUX STAT, DUM VOLVITUR ORBIS”

Muito prezado Fábio,
Salve Maria.
 
    Já me haviam dito desse repentino sumiço do artigo do Professor Felipe de Aquino, no site Cleófas, distorcendo completamente a realidade a respeito do Instituto do Bom Pastor.
    Padre Rafael Navas Ortiz respondeu a Felipe de Aquino, mostrando todas as incoerências e distorções, que ele faz, sem o menor escrúpulo, para tentar defender a tese absurda de que o Vaticano II foi um Concílio infalível.
    O Professor Felipe de Aquino devia reconhecer seu erro e pedir desulpas por suas distorções.
    Sumir com o artigo e carta dele, não faz sumir os erros dele.
    Esse professor Felipe de Aquino, que se ri de piadas contra a Missa em latim, devia chorar pelos erros e deturpações que comete.
    Devia chorar pelos erros garvíssimos do padre Jonas Abib e pelos abusos cometidos pela RCC e pela Canção Nova.
    Não me lembro dessas carta em que você me pergunta sobre os Apóstolos e a criação e evolução da alma. Mas digo-lhe desde já, que a alma não evolui.
    Mande-me de novo suas perguntas de modo preciso para que eu possa respondê-las como se deve a um bom amigo da Montfort.

    Um abraço.

   
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli



Leia mais:  Carta aberta ao Prof. Felipe de Aquino sobre suas declarações a respeito do Instituto do Bom Pastor

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Clareza na Doutrina - Orlando Fedeli

Cartas: Ignorância atual sobre o passado - Orlando Fedeli

Cartas: Aula de blasfêmias em faculdade católica do Ceará - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais