Montfort Associação Cultural

24 de janeiro de 2005

Download PDF

Caridade e solidariedade

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Alexandre
  • Localizaçao: – Brasil

À Monfort Concordo plenamente que catolicismo e socialismo são termos opostos.

Mas acredito que antes dessa idéia, o cristianismo seja termo oposto ao socialismo. Certo?

Basicamente, e muito basicamente, o socialismo quer substituir Deus, tirando de um para dar à outro.

Cristo jamais afirmou que alguém teria o direito de tirar de A para dar a B. Creio, Cristo pregou a solidariedade.

Se te sobras, dê a quem falte.

Por isso minha completa aversão ao ideário socialista.

Felicidades.

Alexandre

Prezado Alexandre, salve Maria!

Agradeço sua mensagem. e sua concordância.

Permita-me, porém, fazer um reparo ao que você me diz.

Cristo não pregou a “solidariedade”.

Solidariedade significa declarar um apoio, uma ajuda, e até uma participação nos sofrimentos ou lutas de outrem.

Cristo mandou muito mais que uma simples solidariedade: ordenou que amássemos o próximo, como a nós mesmos, por amor de Deus.

Solidariedade tem conotação puramente humana, enquanto que a caridade — o amor ao próximo por amor de Deus — é sobrenatural.

E a mais profunda oposição entre socialismo e catolicismo — porque só o catolicismo é verdadeiro cristianismo– provém de que a doutrina católica ensina que Deus nos fez desiguais em nossos acidentes, e que a desigualdade permite que haja no mundo uma imagem da Sabedoria e do Amor de Deus (Cfr. Igualdade e Desigualdade de Direitos no site Montfort), enquanto o socialismo quer e luta pela igualdade entre os homens, coisa que a Igreja sempre condenou, porque Cristo sempre ensinou o antiigualitarismo.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Oração e Vida Espiritual: Oração pelos ordenandos

Cartas: Conversão na hora da morte - Orlando Fedeli

Cartas: Batismo para adultos - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais