Montfort Associação Cultural

25 de março de 2011

Download PDF

Cardeais afirmam que abusos litúrgicos enfraquecem a Fé

Por Cindy Wooden, Catholic Herald

Tradução montfort.org.br

 

Um enfraquecimento da fé em Deus, um aumento do egoísmo e uma queda no número de pessoas indo à Missa pode ser causado pelos abusos litúrgicos ou a Missas que não são reverentes, afirmaram dois Cardeais e um consultor do Vaticano.

O Cardeal Burke e o Cardeal espanhol Antonio Canizares Llovera, prefeito da Congregação para o Culto Divino e os Sacramentos, estiveram ontem no lançamento de um livro em Roma.

O livro, publicado somente em italiano, foi escrito pelo Pe. Nicola Bux, o qual serve como consultor para as Congregações da Doutrina da Fé e para a Causa dos Santos e ao Ofício encarregado das liturgias papais.

A tradução do título do livro do Pe. Bux seria “Como ir à Missa e não perder a sua fé”.

O Cardeal americano Raymond Burke, chefe da suprema corte do Vaticano, asseverou: “Se nós errarmos pensando que somos o centro da liturgia, a Missa há de levar à perda da fé”.   O Cardeal Burke disse àqueles reunidos para a apresentação do Pe. Bux que “os abusos litúrgicos levam a sérios danos à fé dos Católicos”. Infelizmente, afirmou ele, sacerdotes e bispos demais tratam as violações às normas litúrgicas como algo que não é importante quando, com efeito, são “sérios abusos”.

O Cardeal Cañizares disse que embora o título do livro seja provocativo, demonstra um pensamento do qual ele compartilha. “Participar da Eucaristia pode enfraquecer ou nos fazer perder a fé se não entrarmos nela apropriadamente” e se a liturgia não é celebrada de acordo com as normas da Igreja. “Isto é verdadeiro tanto em relação à forma Ordinária quanto à Extraordinária do único Rito Romano”, disse o Cardeal. O Cardeal Cañizares afirmou que uma época em que tantas pessoas estão vivendo como se Deus não existisse, elas têm necessidade de uma verdadeira celebração eucarística para lembrá-las de que tão somente Deus deve ser adorado e que o verdadeiro sentido na vida humana vem somente do fato de que Jesus deu sua vida para salvar o mundo.

Pe. Bux disse que grande número de católicos modernos pensa que a Missa é algo que o sacerdote e o povo fazem juntos quando, na verdade, é algo que somente Jesus faz. “Se você vai à Missa em um local e depois vai à Missa em outro, você não encontrará a mesma Missa. Isto significa que esta não é a Missa da Igreja Católica, à qual as pessoas têm direito, mas é somente a Missa deste ou daquele padre”, disse ele.

TAGS

Publicações relacionadas

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais