Montfort Associação Cultural

6 de outubro de 2010

Download PDF

Cântico marxista em folheto de missa

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: João Carlos
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Religião: Católica

Gostaria de um comentario sobre o Canto de Comunhão do Folheto Liturgico nº 15 – 1o Domingo da Quaresma – de 10 fevereiro 2008, abaixo colada.
Pra mim, é uma clara evidencia de mensagens subliminares da revolução cultural comunista dentro da Igreja Católica.
Obrigado.

http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/liturgia/folheto_povo_de_deus_anoA_quaresma_01domingo.htm
16. CANTO DE COMUNHÃO

(CF 2008, Fx 12)

O poder, o prestígio, a riqueza * nos desviam da nossa missão. * Tua Palavra, porém, nos sustenta; * nos dá força em qualquer tentação.

1. Vamos juntos para a mesa * do banquete da aliança * que o Senhor nos preparou. * Esta mesa nos sustenta * nos caminhos da esperança, * nas estradas do amor.

2. Ó Senhor, criaste a terra, * colocaste nela a vida, * deste ao povo como herança. * Pra teus filhos, tuas filhas, * tu sonhaste um paraíso: * Dom, saudade e esperança.

3. Uma terra sem os males * do egoísmo e violência, * da ambição e todo o vício, * é projeto do teu Reino, * utopia do teu povo, * nosso sonho e compromisso.

4. Tu visitas esta terra * com as chuvas e o orvalho, * e com a vida que a invade. * Mas pra muitos falta o solo; * para tantos, o trabalho; * falta, enfim, fraternidade.

5. Nesta terra que é de todos, * há indígenas sem rumo * de nações já dizimadas; * há sem-terras e sem-teto, * sem-saúde e sem-escola; * há pessoas mal-amadas.

6. Ó Jesus, a Boa Nova * semeaste pelas casas, * pelos campos e cidades. * Convocaste teus amigos * pra contigo construírem * uma nova sociedade.

7. Que a paz e a justiça, * caminhando de mãos dadas, * vençam ódio, a fome, a guerra; * É o que juntos esperamos, * de acordo com a promessa: * “Novos céus e nova terra”.

Data: 19 Fev 2008

 
Muito prezado João Carlos,
Salve Maria!
 
     Esse canto, inserido num folhetim de Missa, é claramente originado pela seita herética marxistóide conhecida como Teologia da Libertação, fundamentada nas heresias do ex frei Boff, e patrocinada pelo Sinédrio marxista encastelado na CNBB. Esses cânticos utopistas envenenam o povo e insuflam a luta de classes e a rebelião armada.
     Ainda recentemente Dom Saracho, Bispo de Presidente Prudente, declarou-se favorável à invasão de propriedades particulares no Pontal do Paranapanema. Pior ainda: esse Bispo declarou que era preciso ”manter o clima de insegurança”. Declarou que sabia que fazer isso era ir contra a lei, mas que era preciso para forçar o governo a fazer reforma agrária. Esse Bispo é então um agitador comunista confesso.
     Como um Bispo pode fazer declarações desse jaez afrontando a lei de Deus e a lei dos homens e nada acontece?
     Claro que um Bispo que faz declarações revolucionárias e confessadamente criminosas como essas, torna compreensível como é grande a penetração da heresia no alto clero hoje. É de surpreender então que os Bispos estejam resistindo ao Motu Proprio de Bento XVI liberando a Missa de sempre?
     Enquanto isso, há Bispos que tentam proibir que eu faça palestras em locais públicos e civis…
     Que honra para Montfort.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: CNBB e política - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: Duas orientações opostas para o Conselho do Episcopado Latinoamericano

Cartas: Dom Pedro Casaldáliga, pelo subversivo ´Evangelho da libertação` - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais