Montfort Associação Cultural

7 de janeiro de 2005

Download PDF

Candomblé na Capoeira

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Eduardo
  • Idade: 25
  • Localizaçao: Guaratinguetá – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior incompleto
  • Religião: Católica

Bom dia eu sou um estudante e pratico capoeira a alguns anos, conheci a renovação a pouco tempo e um amigo meu me disse qu a capoeira sofre muita influência negativa destas seitas, ele me informou que o senhor podeira me ajudar esclarecendo-me melhor sobre o assunto, poi é um grtande admirado do senhor.

POr favor se puder me ajudar ficarei muito grato, conforme for a resposta que o senhor me que o senhor me mandar terei que renunciar ao esporte que tanto gosto em favor da minha salvação.

Muito obrigado, Deus-lhe pague e abençoe pela ajuda, seja qual for a resposta me mande mas por favor não fique no silêncio.

Muito prezado Eduardo, salve Maria.

Muito obrigado por sua confiança e por sua boa disposição de aceitar meu conselho, qualquer que ele seja, inda que lhe custe um sacrifício.

Que Deus o guarde nessa docilidade e nessa capacidade de sacrifício.

Seu amigo, que lhe recomendou me consultar, deu-lhe bom aviso ao preveni-lo contra a prática da capoeira. Gostaria de conhecer o nome desse seu amigo, que Deus deve certamente abençoar pelo zelo que teve para com você.

A capoeira é uma forma de luta muitíssimo influenciada pelo candomblé, e, por isso, não recomendo que você, e ninguém, a pratique. Os gestos e movimentos dessa dança e luta são quase que sinais mágicos que não convém praticar. Quem pratica capoeira fica predisposto a ir à macumba, tanto essas coisas estão interligadas.

Seria conveniente, já que é bom praticar um esporte, que você praticasse outro esporte. Se for um modo de luta oriental, é preciso guardar- se para não admitir a filosofia budista existente por trás delas, e nem praticar gestos rituais que nelas se fazem.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais