Montfort Associação Cultural

14 de março de 2009

Download PDF

Candidata-terrorista Dilma Roussef recebe homenagem do Pe. Marcelo Rossi

Autor: Alberto Zucchi

  • Consulente: Allied Tonin
  • Localizaçao: Brasília – DF – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Engenheiro Civil
  • Religião: Católica

Caro Prof. Orlando; mais uma vez nossa igreja foi manchada por sacerdotes modernistas que insistem em fazer da igreja palanque para aparecer. Quem melhor que o padre modernista Marcelo Rossi, que no final de semana passado rezou missa e homenageou a candidata-terrorista Dilma Roussef, comunista assumida, que já declarou não estar arrependida de nada que fez durante o regime militar, e que se fosse necessario, faria tudo de novo.
Nossos padres estão fora do mundo, ou dentro dessas organizações criminosas?
TONIN

Prezado Allied
 
Devido aos inúmeros trabalhos, o Professor Orlando tem solicitado que algumas das carta enviadas ao Site sejam respondidas por outras pessoas que colaboram com a Montfort
 
Assim, coube a mim responder a sua carta. Inicialmente me apresento, meu nome é Alberto Zucchi e colaboro com o trabalho do Professor Orlando há mais de trinta anos.
 
Você tem total razão nas criticas que faz ao Padre Marcelo Rossi. O fato é o oposto ao que fez Santo Atanásio ao impedir que o imperador assassino entrasse na Catedral de Milão, e, é bom lembrar, naqueles tempos a autoridade muitas vezes se mantinha exclusivamente pela força.
 
Rezemos para que Deus nos dê um clero melhor.
 
Espero que você tenha a oportunidade de estar presente nas reuniões que brevemente o Professor fará em Brasília.
 
Volte sempre a nos escrever, e não deixe de rezar por nós
 
Alberto Zucchi

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Celibato dos padres - Orlando Fedeli

Cartas: Maçonaria na Igreja Católica - Orlando Fedeli

Cartas: 100 mil padres abandonaram o celibato - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais