Montfort Associação Cultural

12 de janeiro de 2005

Download PDF

Calúnias contra a Igreja

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Samuel
  • Localizaçao: Votorantim – SP – Brasil

Fiquei com algumas dúvidas com relação a resposta do texto, como por exemplo: se a igreja católica não trata a mulher como inferior, porque somente os homens podem conduzir uma missa, e mesmo porque somente um homem pode ocupar o cargo mais importante da igreja.

Uma outra dúvida é que se a igreja católica tivesse novamente o poder nas mãos, quem podería dizer se não seríam cometidas as mesmas atrocidades do passado.

Quero deixar claro que não me considero um ateu, pois acredito em Deus, no entanto não da mesma maneira que voces e nem com as mesmas pontes (santos) que voces usam para chegar até ele, eu só estou dizendo que não existe nenhuma igreja totalmente certa, por mais que se esbraveje em uma resposta cheia de falhas.

Prezado Samuel, salve Maria!

O único sacerdote do único sacrifício propiciatório que nos remiu é realmente Cristo. Na Missa, que é a renovação do sacrifício de Cristo no Calvário, o sacerdote atua “in persona Christi”, isto é, emprestando a sua voz a Cristo. Por isso, o sacerdote diz “Isto é meu corpo”, para significar o corpo de Cristo e não o dele, sacerdote.

Por isso, é absolutamente impossível que uma mulher seja ordenada sacerdotisa, porque ela não pode dizer, sendo mulher, “Isto é meu corpo”, referindo-se ao Corpo de Cristo, Deus e homem.

Da mesma forma, o Papa é Vigário de Cristo na terra. Ele representa Cristo. Por isso, Santa Catarina de Siena chamava o Papa “o doce Cristo na terra”. Ora, é impossível a uma mulher, representar Cristo.

A Igreja Católica jamais cometeu atrocidades que a boataria do inferno espalha caluniosamente contra ela.

Muito provavelmente você jamais leu um livro sério sobre esse assunto, limitando-se, como quase todo o mundo, a repetir o que se espalha contra a Igreja.

Noutro dia ainda, numa rádio emissora paulistana se noticiou que, segundo um órgão internacional, morrem 1.600.000 pessoas assassinadas por ano neste terceiro milênio apenas “inneunte”, começado.

Se você juntar a isso, as 300.000 mulheres que se matam por ano, na China, as vítimas das duas guerras mundiais, as vítimas da “bondade” do homem no Gulag soviético e nos Lagers nazistas, e mais os massacres na África livre e democrática, você pode compreender o que vale a Civilização moderna , a “Civilização do Amor”…

Meu caro, comece a pensar, e deixe de repetir slogans.

Quanto à sua afirmação de que nenhuma Igreja é real e totalmente certa, então o Deus em que você diz acreditar, é um deus bem incompetente, que não soube ensinar a verdade sobre Si mesmo, nem fundar uma religião verdadeira.

E os santos não são “pontes” entre os homens e Deus. São intercessores, como por exemplo, Jó a quem Deus apresentou como intercessor entre a Divindade e os amigos de Jó (Cfr. Jó, XLVIII, 8): Por isso, se lê no livro de Jó: “Tomai, pois, sete touros e sete carneiros, ide ao meu servo Jó e oferecei um holocausto por vós, e o meu servo Jó orará por vós; admitirei propício a sua intercessão para que não se vos impute essa estultícia” (Jó, XLII, 8).

Desejando-lhe um santo Natal e que Deus lhe conceda a verdadeira e única Fé, que é a da Igreja Católica Apostólica Romana, me despeço atenciosamente

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: RCC e Missa Nova - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Muito Corajoso artigo do Pe. João Batista A. P. F. Costa

Cartas: Batismo de crianças - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais