Montfort Associação Cultural

14 de agosto de 2007

Download PDF

Baixezas do Prof. Alessandro Lima, do site Veritatis Splendor

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Fábio Luiz Dias Modesto
  • Localizaçao: Jaú – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Religião: Católica

Prezado Prof. Orlando,
 
Salve Maria!
 
Pelo que parece, a resposta do Alessandro Lima foi endereçada ao Sr., tendo em vista o alto teor de ironia, como por exemplo, tratar o interlocutor como Prof. Dr. OF, e chamá-lo de fedelho, em alusão ao nome Fedeli, além de fazer menção aos termos vanitatis e falsitatis, que são muitas vezes utilizados pelos membros da montfort a se referirem ao site Vertitatis.
 
Dessa forma, lhe pergunto: foi mesmo o Sr. quem encaminhou aquele e-mail ao Alessando Lima?
 
Atenciosamente,
 
Fábio Modesto. CSDVO
 


http://www.veritatis.com.br/article/4491
“Fedelho se revolta contra Prof. Alessandro Lima
Por Prof. Alessandro Lima

[Leitor autorizou a publicação de seu nome no site]
Nome do leitor: Patético
Cidade/UF: Alessandrolandia
Religião: Cômico
Email do Leitor: patetinha@disney.com.br
Mensagem
========

Chega a ser patetica a rad-vat II do alessandro. quer condenar os modernistas beijando o CVII?
Quer falar de modernista lambendo a RCC? Filho, vc é patético.

Parece pai q se faz de inocente diante do filho maconheiro. Todo mundo sabe, menos ele.

Talvez o seu mundinho nao deixe vc saber: mas TODAS as fontes de noticia catolica noticiam a condenacao do CVII pelo motu proprio e pelas declaracoes papais.

Talvez, por sua ignorancia até mesmo na gramatica portuguesa, vc nao seja capaz de ler um só artigo em outra lingua para constatar q o mundo ja se deu conta q o Papa está enterrando o CVII: as portas do inferno, como bem disse Mons. Marcel Lefrebvre.
Continue se fazendo de pateta, para alegria geral….dos infernos!
Espero que a sua missa com o jonas abib fazendo coreografias te conforte!
……. 
Caríssimo Prof. Dr. OF,
Haveria maior honra para você e sua causa moribunda se você tivesse se identificado. Porém, ficou no anonimato, numa atitude bem típica dos covardes.
Você me chamou de filho, deve ser mais velho do que eu, porém age como um fedelho.
Vou lhe tratar por Prof. Dr. OF. Explico. Como você não se identificou tive lhe arranjar uma identificação. OF significa Orgulho Ferido. Em sua carta está claro que seu orgulho foi ferido. Então OF de Orgulho Ferido lhe é bem apropriado. Além do nome que lhe arranjei você é também digno de dois títulos. O primeiro é de Professor. OF, você dá uma verdadeira aula de estupidez e falta de respeito. E você fala estupidamente e de forma tão desrespeitosa com tanta propriedade que deves ser Doutor. Por isso OF, estou lhe tratando por Prof. Dr. OF.
Sabe qual a diferença entre você para a herege Rute de Vila Velha-ES que também me escreveu (1)? A carteirinha do clube. Ela pensa que é Evangélica e você pensa que é católico. São dois hereges pertinazes. Porém, a sua situação é bem mais grave que a dela. Pois você erra dentro da Igreja. Que vergonha Prof. Dr. OF.
E da mesma forma como ela, o Sr. não refutou UMA SÓ LINHA DO QUE ESCREVI. Claro que o Sr se revoltou com meu artigo sobre a Declaração da Congregação da Doutrina da Fé, sobre os ensinamentos do Vaticano II sobre a Igreja (2).
Patético é você Prof. Dr. OF, que se pauta em “TODAS as fontes de noticia catolica” quando deveria se pautar no que ensina Santa Igreja. Para o prezado Prof. Dr. OF as especulações de tais agências (que NÃO SÃO TODAS) valem mais que um documento oficial da Igreja… Isso é que é patético.
Também não sou nada relativista. Relativista foi você que deu mais autoridade às fontes profanas do que um documento da Igreja. Que vergonha…
Caríssimo patético e relativista Prof. Dr. OF, com efeito, erro na gramática, porém é preferível errar nela do que na Fé. Errar na gramática não me levará ao inferno. Errar na Fé COM TODA CERTEZA. Pelo visto seu conhecimento de gramática não lhe é suficiente. Você precisa também aprender a ler e interpretar um texto. Pelo visto é um problema muito comum entre os sócios do seu clube (3).
Que bom que nós incomodamos pessoas como vocês. Que bom que a Igreja está dando uma bela lição não só nos modernistas, mas em vocês também, não é mesmo?
A Vanitatis e a Falsitatis não são nossas.
Pelo menos vou lhe agradecer por uma coisa, por me mandar me confortar na Missa. Obrigado. Porém, uma correção. A Missa Nova não é minha, é da Igreja, foi promulgada pelo Papa Paulo VI. Tenha mais respeito ao referir-se a esta Missa, pois ela é a forma ordinária do Rito Romano. Isso está lá no Motu Proprio que você idolatra.
Vá lá procurar tábua de salvação nas suas agências de notícias. Eu e toda equipe do Apostolado Veritatis Splendor e nossos leitores, continuaremos firmes no Magistério da Igreja.
Que Nossa Senhora o ajude.
Prof. Alessandro Lima.
Notas
(1) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: Debate Prof. Alessandro Lima X Rute Correa Muniz (Protestante). Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4488. Desde 6/8/2007.
(2) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: Congregação da Doutrina da Fé ratifica ensinamento do Vaticano II sobre a Igreja. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4485. Desde 3/8/2007.
(3) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: Leitor diz que estamos perseguindo os “tradicionalistas”. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4402. Desde 20/7/2007.”

Muito prezado Fábio,
salve Maria!

     Claro que não mandei o e-mail enviado por esse anônimo ao Alessandro Lima. Não é de minha natureza mandar cartas anônimas.
     E a resposta do pobre Alessandro faz jus à natureza dele.
     Infelizmente.
     É muita baixeza.
     E je n´ai pas de sentiments si bas…

In Corde Jesu, semper, 
Orlando Fedeli



Leia também:  
Prof. Alessandro Lima, do site Veritatis Splendor, ataca a Montfort

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: O Deus dos pobres luta ao nosso lado! - Orlando Fedeli

Cartas: 2012 está chegando. Jesus vai voltar!

Cartas: Mascarado pretende desmascarar o Prof. Orlando Fedeli - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais