Montfort Associação Cultural

25 de novembro de 2004

Download PDF

As falsas religiões merecem respeito?

  • Consulente: Anariel
  • Localizaçao: Rio de Janeiro – RJ – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Economista

Paganismo # Satanismo # Macumba

Estas religiões são distintas e creio que por isso devem ser respeitadas. O que importa se quem criou o universo foi um DEUS ou uma DEUSA? Só muda o gênero.  Na bíblia a uma frase dita por Jesus Cristo:   Amai-vos uns aos outros como eu vos amei . Se AMOR é sinônimo de RESPEITO, porque não respeitar a religião de cada um? O DEUS ou a DEUSA, é severo com seus filhos, sim, mas não disse em lugar algum que os mesmos devam ser severos uns para com os outros.

Quanto a questão da Santa Inquisição, não a nada de santo em tirar a vida de outras pessoas. Isso até hoje é considerado assassinato, mesmo que o assassino diga ser em nome de DEUS. DEUS ou a DEUSA, não quer o mal de seus filhos e quais são os pais que o querem? Ou que querem a morte de seusfilhos.

Com relação a caridade, você acha que os ditos santos saiam por aí dizendo que faziam caridade? Eles faziam e pronto. Na época deles, não existia partido político e nenhum deles pensava em se eleger a nada. Eles praticavam a caridade e a humildade porque amavam ao próximo e possuiam respeito por
todos os seres viventes. Tiro como exemplo São Francisco de Assis. Ele fez voto de pobreza, só foi ter com o Papa quando o padre lhe falou que havim muitos nobres incomodados com a atitude dele e que para que São Francisco continuasse com seus trabalhos sociais ele devereria ter o aval do Papa.

Então não venha dizer que foi severo com uma pessoa que postou sua opnião neste site por caridade. Bem, esta é a minha opnião.

Caro(a) contraditório(a) e confuso(a) Anariel,
salve Maria!

Você diz que todas as religiões devem ser respeitadas.

Ao respeitarmos as falsas religiões, estamos na verdade respeitando os seus erros. Imagine porexemplo, se um policial respeitasse um ladrão, deixando que ele executasse um crime. Imagine uma professora dando uma nota 10 a um aluno por respeitá-lo, mesmo que ele fosse merecedor de nota 0.

Estou pasmo por você citar, dentre essas religiões pagãs que você diz serem dignas de respeito, o
satanismo, que se declara antítese do catolicismo e que faz sacrifícios humanos (algumas seitas
satanistas) como os vários que tem sido noticiados na Itália. Agora recentemente um padre foi assassinado num país daqui da América Latina por um satanista…

Devemos respeitar o direito do assassino assassinar? Do ladrão roubar? Do estuprador violar?

As religiões pagãs são expressamente condenadas pela Sagrada Escritura, em muitíssimos trechos.

Nosso Senhor Jesus Cristo disse aos Apóstolos (e por conseguinte a todos os seus discípulos) “Ide e ensinai o Evangelho a toda criatura”. Ele não disse, “ide e respeitai a opinião dos outros”.

Você se engana a respeito da Inquisição, que condenou pouquíssimas pessoas por sinal. Esta não imputava penas temporais, que ficavam a cargo do Estado. Seu principal objetivo era o arrependimento do culpado de heresia, e que este recuperasse a fé católica integral. Procure se informar melhor ao invés de
repetir todos estes clichês modernos ditos ou por pessoas mal informadas ou de má fé.

Não entendi bem o que você quis dizer ao citar São Francisco de Assis. A única coisa que você conseguiu
demonstrar é que este grande Santo humildemente se submeteu ao Santo Padre, o papa, coisa que muitos “teólogos” modernistas hoje em dia sequer sonham em fazer. Sigamos o exemplo de São Francisco e nos submetamos então ao que nos ensina o Santo Padre e a Igreja.

Você se engana a respeito de amor, respeito e severidade. Em primeiro lugar, de onde você tirou que
respeito é sinônimo de amor? Nem o pai dos burros, i. e.,dicionário, deve dizer isso.

Santa Rita de Cássia, outra grande santa que conta com milhares de devotos pelo mundo afora, ao saber que seus dois únicos filhos planejavam vingar a morte de seu pai, pediu a Deus que lhes tirasse a vida antes que eles caíssem em pecado mortal! Isto é amor verdadeiro que considera o maior bem que uma pessoa pode ter, que é ser salvo.

E Deus atendeu o pedido de Santa Rita, fazendo que seus dois filhos falecessem antes que pudessem
executar o seu plano criminoso…

É preferível morrer na graça de Deus do que viver no pecado.

E com relação aos castigos, na Bíblia está dito: “Quando punis o homem, fazendo-lhe sentir a sua culpa,
consumis, como o faria a traça, o que ele tem de mais caro.” (Salmo 38: 12).

Os castigos de Deus sempre acontecem para que o pecador se arrependa dos seus pecados. Deus, que é um pai amoroso, castiga aos seus filhos por amor, de forma a que se emendem.

A sua opinião, tanto quanto a minha, tem muito pouco valor. So importa o que Deus nos ensina
através de sua Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

Sancte Michael Archangele, defende nos in praelio

Paulo Sérgio R. Pedrosa

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Massacres protestantes - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: A Padre Joãozinho: comunicado em rimas desengonçadas - Orlando Fedeli

Cartas: Pedro, chefe da Igreja - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais