Montfort Associação Cultural

31 de janeiro de 2005

Download PDF

Arautos do Evangelho e TFP

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Helcio
  • Localizaçao: Joinville – TO – Brasil

Prezado Prof. Fedelli.

Estive lendo algumas de suas respostas referentes a perguntas sobre a TFP e me surpreendi pela maneira como o senhor omite a verdade para seus leitores. Primeiramente quero deixar claro que não sou nem da TFP e nem dos Arautos do Evangelho, mas que admiro o trabalho que os Arautos fazem no mundo todo. Como admiarador não podiria deixar que o senhor continuasse mentindo arespeito de alguns pontos, os quais vou relacionar abaixo:

1º – Os Arautos não são apenas uma “Banda” como o senhor menciona, mas são sim uma entidade existente em quase 50 paises, com um numero surpreendente de membros no Brasil, e um numero maior ainda de terciários.
Eles possuem sim uma Banda sinfônica, que por sinal é exelênte e viajam o mundo todo fazendo apresentações.
Eu lí em uma de suas respostas em que você dizia que a divisão da TFP enfraqueceu as duas entidades. MENTIRA…. enfraqueceu sim a TFP, que hoje é um “gato morto a beira da estrada”(segundo seu texto),mas os Arautos cresceram muito e possuem quase o dobro de pessoas e sedes comparando com o auge da TFP em 1995. Todos esses dados o senhor poderá confirmar no site dos arautos. “www.arautos.org.br”

2º – O senhor João Clá, não é apenas o regente da Banda, mas sim o Presidente Geral dos Arautos do Evangelho. Todo esse crescimento se deve ao fato de ele ter levado a frente a obra de Dr. Plinio.
O senhor pode odiar o quanto quiser, criticar o quanto quiser, escrever suas críticas mas por favor NÃO MINTA, pois o senhor como bom entendedor da doutrina católica conhece os mandamentos.
Acho curioso pois o senhor lê tanto, estudou tanto, escreve texto sobre gnose, polêmicas sobre doutrina católica mas não segue um principio básico. LEIA mais a respeito dos Arautos, se informe mais, de “o braço a torcer” e admita que eles são uma entidade enormee vem crescendo casa vez mais. (entre no site e leia a respeito da “universidade” que está sendo construida em SP, uma contruçãoenorme, muito bonita por sinal, tudo idealizado pelo Sr. João Clá, e que será reconhecida pelo MEC e comanda pelos Arautos. Não é algo inpressionante? Oque será que tem esse Sr. João Clá, pois tudo em que ele toca vai pra frente, cresce….? Será que é por isso que o senhor odeia tanto ele? E olha que ele foi seu aluno hein? Na verdade o senhor deveria se orgulhar, como todo bom Prof. se orgulharia….
Sei que não vou obter resposta, mas fica dada a “alfinetada”.

Saudações.

Helcio.

Muito prezado Hélcio,
Salve Maria!
 
    Você me calunia duas vezes
    1 – atribuindo-me ódio, que não tenho;
    2 – que minto.
 
    O general da banda dos arautos sempre foi conhecido, na tfp, como o mestre em “restrições mentais” a ponto de se dizer dele que quando, por acaso, ele dizia a verdade, ficava vermelho.   
   
    Você ingenuamente me informa que  “Todo esse crescimento [dos arautos] se deve ao fato de ele ter levado a frente a obra de Dr. Plínio”.
    Ora, consta que, para ser reconhecido pelo Vaticano, Scognamiglio teve que renegar à terceira parte do livro de Plínio, Revolução e Contra Revolução – aquela parte em que Plínio condenava o Vaticano II – e teve que prometer que não difundiria mais o culto de Plínio e de dona Lucília.
    Então, ele prometeu e não cumpriu ?
    Difunde ainda o culto de Plínio e Lucília às escondias?
    Ou não difunde mais os ensinamentos de Plínio, e você é que está enganado? (Veja que eu não disse que você mentiu)
    Quem é que mente?
    Quanto ao crescimento numérico e em quantidade, tanta coisa cresce muito hoje em dia!
    Crescem as seitas protestantes, crescem os partidários do aborto e do amor livre, cresce a impiedade etc.
    O admirável é que, num mundo em que reina a mentira, o crescimento das seitas não seja ainda maior, pois diz a Sagrada Escritura que “o número dos estultos é infinito” (Eccles., I, 15).
    E também o câncer cresce muito.
    E Cristo chamou seus seguidores de pequeno rebanho:
 
“Nolite timere, pusillus grex” (Nada temais pequeno rebanho) (Luc. XII, 32).
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Inquisição: a lenda permanece - Ronaldo Mota

Vídeos: Apresentação do Congresso Montfort 2013 - Duclerc Parra

Cartas: Cultos e sucessões na seita TFP - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais