Montfort Associação Cultural

7 de janeiro de 2005

Download PDF

Apóstolo João

Autor: Ivone Fedeli

  • Consulente: Maria Fernanda
  • Localizaçao: – Brasil

Olá professores…..
gosto muito desde site e tenho algumas dúvidas…
gostaria de saber mais sobre o apostolo João, por favor me indique bibliografia e se tiver, algumas informações.

Muito Obrigado
Que Deus abençoe cada dia mais o trabalho de vocês
Fernanda

Prezada Maria Fernanda,

São João nasceu, provavelmente, por volta do ano 6, na Galiléia e morreu em 104. É chamado, no Evangelho, de “discípulo amado” de Nosso Senhor e é autor do Apocalipse, que escreveu quando estava exilado na ilha de Patmos, na costa da atual Turquia.
Era filho de Zebedeu e Salomé, irmão mais novo de São Tiago Maior e era pescador com ele no lago de Genesareth até serem chamados por Nosso Senhor (Mt 4, 21-33 e Mc 1, 19-20).
Santo Agostinho diz que “ele foi escolhido por Nosso Senhor sendo virgem e sempre se conservou assim.” (…) Cristo agradou-se em escolher uma Mãe virgem, um precursor virgem e um discípulo favorito virgem. Sua Igreja só admite aqueles que vivem em perfeita castidade para servi-Lo em Seu sacerdócio, onde eles diariamente tocam e oferecem Sua carne virginal sobre o altar”.
No ano de 95, durante a segunda grande perseguição, sob Domiciano, São João foi preso na Ásia e enviado para Roma como prisioneiro. Tertuliano diz que ele saiu ileso de uma caldeira de óleo fervente. O fato foi atribuído por seus perseguidores à feitiçaria e ele foi exilado na ilha de Patmos. Com a morte de Domiciano, o apóstolo voltou a Éfeso, escrevendo então, como pensam alguns, o seu Evangelho, vindo a morrer quando tinha aproximadamente 90 anos.

In corde Jesu,
Francisca Romana Miranda.

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Frutos da mentira e do sangue: 1789-1989 - Orlando Fedeli

Cartas: Como é estudada a história? - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Rosas - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais