Montfort Associação Cultural

12 de novembro de 2004

Download PDF

Aparições de Nossa Senhora

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Emerson
  • Idade: 22
  • Localizaçao: Curitiba – PR – Brasil
  • Religião: Católica

Prezado Sr. Orlando

Qual sua opnião a respeito de professias relativas a vinda do anticristo, mais propriamente, após o afastamento do papa João Paulo II?

Devo dar crédito a quais aparições de Nossa senhora (reconhecidas pela Igreja)?

Que Deus lhe abençoe. Lindo seu trabalho!

Emerson (católico, não comunista e que ama a Igreja).

Muito prezado Emerson, salve Maria.

Obrigado por seu elogio ao meu trabalho. Deus o recompense por seu espírito tão aberto e leal.

Ninguém sabe quando virá o Anticristo.

As profecias de São João Bosco e as de Nossa Senhora de Fátima, sobre nossa época não deixam entrever nenhum indício de que agora é que viria o Anticristo. De modo que não creio que estejamos, de modo algum, no tempo do Anticristo. Se você consultar no site Montfort meus artigos sobre o Terceiro Segredo de Fátima, você poderá ler lá os sonhos de Dom Bosco sobre nossos tempos, e verá que ele nada diz do Anticristo.

Claro que devemos crer nas aparições de Nossa Senhora reconhecidas pela Igreja que são a da Medalha Milagrosa, em 1830, na Rue du Bac, a Santa Catharina Labouré; as aparições de la Salette, as aparições de Lourdes a Santa Bernardette, e finalmente, nas aparições de Fátima.

Como não sei se terei outra oportunidade de escrever a você, antes do Natal, aproveito para desejar-lhe um santo Natal e um ano novo repleto de graças de Deus.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Oração e Vida Espiritual: Oração a Santa Ana, Mãe de Maria Santíssima - Ivone Fedeli

Vídeos: Apresentação do Congresso Montfort 2014 – Tradição e Nova Evangelização - Alberto Zucchi

Cartas: Segredo de Fátima manipulado pela Igreja - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais