Montfort Associação Cultural

19 de fevereiro de 2010

Download PDF

Antipapas

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Newton Fernandez
  • Localizaçao: Sao Paul0 – SP – Brasil
  • Religião: Católica

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo..

Ainda hoje estava lendo o documento sobre o Terceiro Segredo de Fátima (http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cadernos&subsecao=religiao&artigo=fatima3&lang=bra ). Me parece que de fato, os castigos descritos pela visão dos pastorinhos ainda não aconteceram e que provavelmente não serão evitados (estão sendo até agora pela Mão de Nossa Senhora) uma vez que a humindade está em declinio permanente e não se converte..

Porém gostaria de me fixar no trecho em que falam da possibilidade de um antipapa (“um bispo vestido de branco…”seria ele um Papa, um antipapa…). Nós católicos, que seguimos fielmente nossa Igreja, estando ela sob a Tutela do Santo Padre (iluminado sempre pelo Espirito Santo), como saberemos distinguir se o Papa eleito não é um anti-papa? Como deixaremos de seguir suas ordens/ensinamentos sendo ele o Sumo Pontífice? Não estaríamos dessa forma nos afastando da Igreja?

Me desculpe se a pergunta está confusa, porém isso me deixa preocupado.. Tento sempre seguiros ensinamentos da Igreja, da Tradição Cristã, porém temo não saber distiguir uma situação dessa nem com agir se isso acontecer (Deus nos livre desse mal).

Já tivemos antipapas? poderia citá-los? Como eles foram “descobertos” e como seus erros foram corrigidos?

Muito obrigado

Newton Fernandez

Muito prezado Newton,
Salve Maria!
 
     Esteja completamente seguro sobre Bento XVI: ele não é um anti Papa, pois legitimamente foi eleito. Um anti Papa é um a pessoa que é eleita indevidamente e assume o título papal sem ter esse direito.
     Um dos últimos antipapas foi um que adotou o nome de João XXIII no fim da Idade Média (não confundir com João XXIII , Angelo Giuseppe Roncalli, que foi papa modernista, mas Papa legítimo e não anti Papa).
     Atualmente existem vários anti papas, eleitos por sede vacantistas. Há ate um Miguel I que foi”eleito” por seus pais e por uma amiga de sua mãe, ao que dizem. Em Montana-EUA há outro louco que se diz Pio XIII. Aqui no Brasil, houve um falso papa Pedro II no interior do Rio.
     Roma jamais perecerá. Cristo prometeu sua assistência contínua aos sucessores legítimos de Pedro. Quanto aos antipapas e sede vacantistas o vento da História os varre continuamente como folhas secas e mortas. Mas a Pedra fundamental da Igreja, não há vendaval infernal que a abale.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais