Montfort Associação Cultural

24 de janeiro de 2010

Download PDF

"Antinomias" existentes entre os documentos do Vaticano II e o magistério anterior

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Márcio Andrade
  • Localizaçao: Xyz – TO – Brasil
  • Religião: Católica

Prezado Professor Orlando,

Salve Maria!

Parece que os padres de hoje, inclusive o Pe. Joãozinho, não entendem muito de interpretação.
Os documentos do Concílio Vaticano II, comparados com os ensinamentos tradicionais da Igreja, apresentam contradições, para não falar heresias.
Essas contradições me parecem as antinomias jurídicas. Qualquer advogado pode explicar-lhe como lidar com elas.
1. Se não há antinomia: o texto novo precisa ser interpretado à luz do conjunto anterior existente para eliminar contradições e ser coerente com ele, apenas explicitando detalhes que devem ser coerentes com os outros textos.
2. Se há antinomia: trata-se de uma inovação, que deverá ser:
a) aceita: então, rompe-se com todo o ordenamento anterior e produz uma inovação ( no caso da Igreja, uma heresia, um cisma, uma reforma protestante );
b) recusada: trata-se duma incongruência ( em termos jurídicos, ilegalidade ou inconstitucionalidade ), que não pode ser aceita. É como se o chefe do poder executivo ( o Papa ) fosse logrado por parlamentares de má-fé ( os sacerdotes conciliares ) e pela comissão de constituição e justiça ( as congregações que deveriam examinar o texto, que teriam “dormido no ponto” como Pedro durante a agonia espiritual de Cristo no Getsêmani ).

Estaria o Concílio abrindo a Paixão de Cristo e de Sua Igreja, que se prolonga até nossos dias.
Aguardemos a Ressurreição!

Saudações cordiais,

Márcio Andrade.
 

Muito prezado Dr. Márcio, salve Maria.
 
     Agradeço-lhe muito sua carta tão sintética quanto clara. O senhor, em poucas linhas, explicou o mal feito pelos textos ambíguos do Concílio Vaticano II!
 
     Considero sua carta uma contribuição muito grande para vencer as dificuldades trazidas pela pastoralidade do Vaticano II.
 
     Deus lhe pague pelo bem que sua carta fará a muitas almas, abrindo os olhos de dezenas de milhares de pessoas que lêem o site Montfort. Inclusive padres modernistas que nos acessam todos os dias.
 
     Que Nossa Senhora o cumule de graças. E quanto a mim, agradeço a Deus me ter concedido seu apoio tão forte.
 
     Escreva-me sempre, enquanto aguardamos a Ressurreição
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Ordem DeMolay e maçonaria - Heitor Specian

Artigos Montfort: Seitas - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Corre, modernista, que lá vem a Montfort: resumo da polêmica com Padre Joãozinho e Padre Fábio de Melo

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais