Montfort Associação Cultural

16 de maio de 2005

Download PDF

Alma dos animais

Autor: Fábio Vanini

  • Consulente: Gisela
  • Idade: 27
  • Localizaçao: Campinas – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Artista Plástica e Ourives

Li o que o tal Orlando Fedeli escreveu a respeito da alma dos animais, e se eles vão para o céu ou não. Meus caros, por quê a igreja insiste em colocar o ser humano como o único ser vivo na Terra merecedor do reino de Deus? Não seria muito egocentrismo e hipocrisia? Um típico defeito humano! Deus ama a TODAS suas criaturas e assim como nós, os animais merecem SIM estar ao nosso lado e ao lado de Deus quando morrerem. É muito fácil para o ser humano olhar pra frente (para outro humano), do que olhar para baixo (animais) e ter piedade deles, assim como Deus tem por nós! Tenho tanta certeza que os animais possuem uma alma, que se alguém me provar o contrário, eu digo com todas as letras: “NÃO QUERO IR PARA O CÉU!” Tenho pena da ignorância que os afoga até o pescoço, com suas regras e explicações religiosas minimizando a capacidade que Deus tem de amar TODAS as suas criaturas vivas! Quero saber o que vocês tem a dizer sobre isso, será que podem?
Aqui vão algumas citações de grandes seres humanos para que a igreja e seus seguidores reflitam, se é que são humildes para isso…

“Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma!”
(Pitágoras)

“Eu temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo.”
(Thomas Jefferson)

“O homem implora a piedade de Deus, mas não tem piedade dos animais, para os quais ele é um deus. Os animais que sacrificais já vos deram o doce tributo de seu leite, a maciez de sua lã e depositaram confiança nas mãos que os degolam. Ninguém purifica seu espírito com sangue. Na inocente cabeça do animal não é possível colocar o peso de um fio de cabelo das maldades e erros pelos quais cada um terá que responder perante Deus.”
(Gautama Buda)

“Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhorem e nem levem em consideração as condições dos animais.”
(Abraham Lincoln)

“O erro da ética até o momento tem sido a crença de que só se deva aplicá-la em relação aos homens.”
(Dr. Albert Schweitzer)

“São Francisco de Assis os chamava de “irmãos inferiores”, porém, inferiores somos nós quando não os estimamos.”
(Clóvis Hughes)

“Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais… Os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”
(Charles Darwin)

“Quando o homem aprender a respeitar até o menor amor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.”
(Albert Schweitzer – Nobel da Paz de 1952)

“Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.”
(Alice Walker)

“Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastam sobre a terra”. (Gen, I, 26)
 
Prezada Gisela, salve Maria!
 
Gostaria muito de ter a citação completa e a fonte da frase atribuída a Charles Darwin, pois é uma pérola. Dizer que homens e animais têm faculdades mentais fundamentalmente iguais é uma besteira tão imensa que denigre ainda mais a imagem do naturalista inglês. Isso é o que ele queria: que fôssemos como macacos.
 
Quanto a animais terem alma, para sua felicidade a Igreja ensina que eles têm, assim como os vegetais. Só que a alma deles é tão inferior à nossa que lhes atribui apenas a forma, e nada mais. Por isso, quando eles morrem, sua forma individual deixa de existir e não tem cabimento pensar em eternidade para elas.
 
Além disso, como alguém pode alegar que animais merecem um céu eterno de contemplação da Verdade Infinita e gozar de
felicidade plena se eles não têm mérito algum? Acaso animais têm deveres para com Deus ou para com os homens? Se não os têm, obviamente não têm direitos. Disso decorre que não há prêmios ou punições. No máximo uma sardinha ou um tapa de jornal. E só. Infelizmente, um periquito que come direitinho seu alpiste não merece sobremesa, pois apenas cumpriu uma lei natural como a lei da gravidade. Ou será que uma pedra merece o céu por ter caído corretamente?
 
Minha cara Gisela, chega de sentimentalismos com animais, sejam esponjas ou ácaros. Ou será que só o cãozinho Lulu merece um afago amigo e caridoso? Não vê que devemos ter piedade com o próximo, homem, que é semelhante a Deus por ter uma alma dotada de inteligência e vontade? Inteligência para a verdade e vontade para o amor. Não há, na alma, lugar para instintos. Isso é próprio do corpo material. Animais e plantas somente seguem seus instintos irracionais e por isso não erram. Sua liberdade é apenas uma liberdade material, de seguir o próprio focinho e o objetivo é um pedaço de carne, que tanto faz ser de picanha maturada ou de um cadáver canino.
 
São Francisco acertou em chamar os animais de irmãos inferiores. Porém, são irmãos única e exclusivamente enquanto criaturas animais. Irmão inferior é o título máximo para uma criatura animal não humana, pois ambos têm matéria, vida e movimento. Por isso são semelhantes. Mas o homem é irmão superior na escala ontológica pois tem uma alma racional, coisa que animais não têm. Somente o homem pode ser filho de Deus. E filhos realmente, por adoção, herdeiros do céu, somente os batizados. Filho mesmo, stricto sensu, somente Cristo. Fora isso, os animais, assim como as vegetais e minerais, foram criados por Deus para serviço do homem, seja materialmente, seja para conhecimento científico, seja para ensinar símbolos de virtudes e defeitos humanos, juntamente a toda a natureza.
 
Considerar animais como iguais a nós, com uma alma imortal, significaria que cometemos fratricídio quando fazemos um churrasco. Se eu resolvesse, então, não comer carne por essa razão, morreria de inanição voluntária, um suicídio, ou seja, outro crime. Logo, essa tese é absurda e irracional.
 
Quanto às citações que você nos põe como argumentos a favor dessa sua tese grosseiramente panteísta, algumas são curiosas, como a de Pitágoras. Sabendo ser ele um gnóstico, certamente ele estaria se referindo à alma divina que esta dentro de todas as criaturas.
 
A frase de Thomas Jefferson é verdadeira, apesar de ser ele um maçom. Jefferson se refere à misericórdia de Deus.
 
A de Gautama Buda é uma gagueira, assim como as restantes.
 
Mas chama a atenção a de Alice Walker. Então, não devemos dominar animais pois, do mesmo modo, não podemos dominar negros e mulheres? Então negros e mulheres são inferiores em natureza? Pois a tal A.Walker não deve estar querendo dizer que não há diferenças entre um homem e uma pulga.
 
Minha cara Gisela, o pior dos homens é imensamente transcendente ao melhor dos animais e tem direito de usá-lo. Direito dado diretamente por Deus, irrevogável e para sempre. O homem tem direito de propriedade sobre os animais, como rês, isto é, coisa. Crime horrível é o que ocorre na Índia, onde o povo passa fome e adora as vacas.
 
Outra contradição é a que encontramos normalmente na mente dos defensores dos animais: não se pode matar um ovo de tartaruga, mas podem-se utilizar embriões humanos para pesquisas. A grande maioria dos protetores dos animais é a favor do uso de anticoncepcionais. Outro dia ouvi um veterinário falando que o tratamento que é dado aos animais em certos canis é “desumano”.
 
É uma pena que você não queira ir para o céu porque seu Lulu não vai estar por lá. Minha cara Gisela, Deus está no céu e só a Ele devemos nosso amor irrestrito. Isso não é egocentrismo, é teocentrismo.
 
No Coração de Maria Santíssima,
Fábio Vanini

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais